Corinthians 28x: a primeira taça no centésimo jogo em casa
100 jogos em Itaquera: primeiro título na primeira final

Um dos maiores sonhos da torcida do Corinthians, senão o maior, tornou-se realidade em 2014. O novo estádio fortaleceu um time que já era muito difícil de se bater quando jogava em casa. A nova casa acabou com algumas piadas dos rivais, mas acabou gerando outras.

A história do time "sem estádio" já caía por terra, mas conforme foram surgindo as decisões, surgia também a fama de estádio "zicado". Em quase três anos de Arena, foram seis eliminações em mata matas. Duas no Campeonato Paulista, para Palmeiras e Audax, duas na Copa do Brasil para Santos e Internacional e duas na Copa Libertadores da América, para o Guarani, do Paraguai e o Nacional, do Uruguai.

Fora as eliminações, partindo para os pontos fortes, na conquista do Campeonato Brasileiro de 2015, a Arena Corinthians ajudou o time a conquistar o melhor aproveitamento do campeonato como mandante, perdendo apenas uma partida na campanha daquele ano. Além de outros resultados marcantes: a goleada por 6x1 pra cima do rival São Paulo, já com o hexacampeonato consumado e que, até hoje, é a maior goleada do estádio. Temos também a grande vitória sobre o Once Caldas pela pré-libertadores de 2016. O fantasma da eliminação anterior na mesma fase para o Tolima, da Colômbia, em 2011 foi rapidamente espantado com uma sonora goleada por 4 a 0.

Vitórias marcantes, jogos difíceis, gols históricos. Tudo isso conta a favor do Corinthians e, obviamente, contra os rivais. Os números andam ao lado do Timão quando se trata de aproveitamento jogando em seu estádio. São apenas sete derrotas nos, até o momento, 100 jogos. A torcida também é um fator determinante que colabora para que o time seja tão temido quando joga em seus domínios.

A arquitetura do estádio, em forma de Arena, com a torcida muito próxima do gramado faz com que o time adversário seja muito mais pressionado pela já conhecida grande força que a Fiel exerce sob os jogadores que estão em campo.

Agora, em 2017, no primeiro campeonato, na primeira decisão oficial do ano e a primeira final do estádio, o Corinthians conseguiu quebrar com a maré de azar que o segue desde que deixou o Pacaembu. Depois de dois revezes seguidos nas semifinais da competição, o Timão alcançou a decisão. O adversário será a Ponte Preta. Passaram-se 38 anos desde a última decisão de estadual entre os dois e, 40 anos, da emblemática decisão de 1977 que tirou o Corinthians da fila de mais de 23 anos sem conseguir conquistar títulos de peso.

O estádio, a torcida, o retrospecto. Tudo favorece ao alvinegro para fazer de sua nova casa, um caldeirão também de enorme força para acabar com a fama de azarada que cerca seu estádio desde a inauguração. Além dos ótimos números, a torcida e os ótimos números, o Corinthians pode contar que seu novo estádio é pé-quente também nos momentos decisivos.

VAVEL Logo