Criciúma bate Londrina fora de casa e soma segunda vitória seguida
Resultado mantém o time catarinense fora da zona de rebaixamento (Foto: Divulgação/Londrina E.C.)

Após passar as primeiras cinco rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro sem vencer, o Criciúma viu a maré mudar e na noite desta terça-feira (20) chegou ao quarto jogo invicto na competição. Ao bater o Londrina por 1 a 0, no Estádio do Café, em partida válida pela nona rodada, a equipe comandada por Luís Carlos Winck acumulou a segunda vitória consecutiva no torneio. O único gol do jogo foi marcado por Silvinho.

A série de resultados positivos tirou o Tigre da zona de rebaixamento, ocupando, no momento, a 15ª colocação com 11 pontos. Na tabela, um compromisso em casa na sexta-feira (23), diante do Paraná Clube, a partir das 21h45.

Já o Londrina viu a série de quatro jogos invictos ser quebrada e, com isso, perdeu a chance de entrar no G-4 da Série B. Na próxima rodada, desafio em casa diante do Juventude, no sábado (24)

Gol anulado marca etapa inicial

A partida começou com o time da casa tentando pressionar, e logo com cinco minutos, o artilheiro Jonatas Belusso, autor de três gols na vitória por 3 a 0 sobre o CRB, na rodada anterior, arrematou de longe, mas direcionou mal a bola e não assustou Luiz.

O Criciúma começou a crescer na reta final da primeira etapa e, aos 27 minutos, Douglas Moreira arriscou bonito chute da entrada da área e César rebateu. Dois minutos depois, Diogo Mateus cobrou falta na área, na cabeça de Raphael Silva, mas o desvio do zagueiro saiu sem direção. Aos 35, em nova falta, Diogo Mateus cobrou em direção do gol. César agarrou em dois tempos.

O lateral-direito do Criciúma voltou a aparecer aos 38 minutos. Em rápido contra-ataque tramado por Paulinho, Caio Rangel e Lucão, o defensor completou com um tiro cruzado da direita. A bola passou perto da trave do goleiro oposto.

O lance mais polêmico do jogo foi aos 39 minutos da etapa inicial. Lucão ganhou a disputa com a marcação no lado direito e cruzou para a marca penal, onde surgiu Silvinho, que dividiu com a zaga e mandou pro fundo do gol. Com relativa demora, o árbitro Leonardo García Cavaleiro anulou o tento, alegando toque de mão de Silvinho no domínio.

Silvinho marca de novo... dessa vez, valeu

Assim como a etapa inicial, o segundo tempo começou com muitos erros dos dois lados e poucas chances de gol. A primeira tentativa foi apenas aos 15 minutos, com Jonatas Belusso, que tentou emendar um voleio, mas errou a finalização. Quatro minutos depois, veio a resposta criciumense. Douglas Moreira arrematou de fora da área e César voou bonito para agarrar firme.

Aos 31, veio a redenção de Silvinho. Após boa jogada de Douglas Moreira pela esquerda, o camisa 11 do Tigre recebeu na grande área e finalizou para o gol. Desta vez, valeu e o Criciúma tirou o primeiro zero do placar.

Dois minutos depois, o Londrina respondeu com Artur. Em chute forte da entrada da área, ele acertou a trave direita de Luiz.

A última grande chance foi aos 47 minutos. Após cruzamento na grande área, o zagueiro Marcondes apareceu sozinho na frente de Luiz, mas finalizou forte e mandou sobre a meta. O desperdício da chance do defensor do Tubarão encerrou o jogo no Estádio do Café.

VAVEL Logo