Zagueiro Raphael Silva aposta em sequência de boa fase do Criciúma: “Tivemos uma evolução grande”
Defensor elogiou trabalho do técnico Luís Carlos Winck na recuperação do time | Foto: Divulgação/Criciúma E.C.

Depois de um início de Série B turbulento, com quatro derrotas e um empate nas cinco primeiras rodadas, o Criciúma viu a maré mudar e já emenda cinco jogos invicto. Além disso, nas últimas três partidas, três vitórias, resultados suficientes para tirar a equipe catarinense da zona de rebaixamento e colocar na 9ª colocação, com 14 pontos.

Mas para manter a boa fase, o Tigre terá de se virar como visitante. Nas próximas duas rodadas, a equipe comandada por Luís Carlos Winck enfrentará o Vila Nova e o Internacional em Goiânia e Porto Alegre, respectivamente. Apesar da árdua sequência, o zagueiro Raphael Silva aposta na manutenção do bom rendimento criciumense.

“Dá sim. Tivemos uma evolução grande. O professor Winck vem passando mais confiança, apesar de já termos antes, mas sem acontecerem os resultados. Então, é manter essa sequência e pensar jogo a jogo, que a gente pode evoluir mais ainda”, afirmou o zagueiro, em entrevista coletiva realizada no CT do clube na tarde desta quarta-feira (28).

Raphael Silva revelou que desde que Winck chegou ao Criciúma, a defesa foi muito cobrada para minimizar a quantidade de gols sofridos e afirmou que a melhora no rendimento não se baseia apenas em sorte. “É competência. Nosso grupo é bom, trabalhador. Os resultados não vieram no começo porque não vivíamos um bom momento. Crescemos muito, e que possamos crescer mais na competição”, destacou.

O zagueiro será uma das atrações do Criciúma para a partida diante do Vila Nova, no estádio Olímpico, na sexta, a partir das 20h30, pela 11ª rodada da Série B. Suspenso na vitória por 2 a 1 sobre o Paraná, na rodada anterior, ele retorna ao time na vaga de Nino, formando dupla de zaga com Edson Borges. “Ele já é um jogador experiente e conhece a forma que o Winck trabalha. Vamos conversando jogo a jogo para não ter desatenção. Ele é um cara que passa muita experiência a mim e aos demais companheiros”, disse sobre o companheiro.

A grande dúvida de Winck é no meio-campo. Com Ricardinho retornando de suspensão, ele ainda não definiu se o recoloca no time ou mantém Jonatan Lima ao lado de Barreto.

O treinador fará os derradeiros ajustes no time nesta quinta-feira (29), no CT do Tigre, a partir das 8h, onde comanda a última atividade antes da viagem para Goiânia.

VAVEL Logo