Criação da base: conheça trajetória de Arthur, volante goiano que conquista torcida gremista
Arthur comemorando seu primeiro como profissional (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

Criação da base: conheça trajetória de Arthur, volante goiano que conquista torcida gremista

Arthur se tornou peça fundamental ao clube gaúcho; conheça ou relembre passo a passo da carreira do goiano que ganhou o coração e o carinho dos torcedores do Grêmio

luiguicoelhoo
Luigui Coelho

É notório que Arthur vive uma fase brilhante pelo Grêmio, mas hoje a VAVEL busca entender como o goiano, filho do seu Aílton, conseguiu se tornar uma das peças mais importantes no elenco do clube. Trata-se aqui desde a sua trajetória pelo Goiás, até a sua chegada no clube gaúcho, onde foi lapidado e acabou se tornando peça fundamental. Será um túnel do tempo, onde alguns torcedores poderão conhecer um pouco mais sobre o goiano, já que sua ascensão no futebol brasileiro começou no início de 2017, fazendo com que alguns tenham curiosidade de saber como Arthur, apesar de ser jovem, mostra habilidades que muitos volantes não possuem hoje em dia.

Nascido em Goiânia (GO) no dia 12 de Agosto de 1996, o goiano desde pequeno já mostrava um diferencial com a bola nos pés. Vendo que tinha habilidade com a bola o pai, seu Aílton, matriculou  o menino aos 4 anos de idade no time de seu primo o ex-jogador esmeraldino Niltinho. Mas a carreira começou a ganhar força quando o menino jogou uma partida contra o Goiás e logo depois foi convidado a se integrar à base do clube esmeraldino. De 2008 a 2010, Arthur jogou pelo clube da capital, até seu Aílton receber a proposta do clube gaúcho, o que fez com que o jovem de apenas 14 anos fosse morar no Rio Grande do Sul, longe de sua família.

Em 2010, Arthur chegou ao Grêmio e logo chamou a atenção pela sua qualidade técnica no meio-campo. Seu destaque nas categorias de base, lhe rendeu em 2012 o título de melhor jogador da Copa Carpina (competição que ocorre em Pernambuco e reúne somente jogadores do sub-16), mostrando que havia realmente uma joia dentro clube. O ano de 2011 e 2012 foram bons para Arthur, que continuou sendo um dos principais nomes do meio campo gremista e fez com que a Seleção Brasileira ficasse de olho, visando utilizá-lo futuramente.

Por conta de sua ascensão, em 2013 Arthur foi convocado para a Seleção Brasileira sub-17 para disputar o Sul-americano, onde acabou em 3°colocado. A partir desse momento, pode se dizer Arthur ganhou uma boa experiência e um reconhecimento maior ainda, pois havia tido uma boa atuação na competição e mostrava-se capacitado em exercer a função de volante.

O ano de 2014 havia começado, e Arthur com apenas 18 anos já mostrava ser uma grande joia para o clube. O campeonato estadual sub-20 havia começado e o jovem goiano estava entre os destaques daquele time, que tinha Everton ( hoje também no elenco principal do Grêmio). A campanha do clube gaúcho foi impecável, batendo o São José por 3 a 0 na final, sagrando se assim campeão estadual. 

Aos 19 anos, Arthur era capitão do sub-20 e titular absoluto. Em 2015 acabou sendo convocado para jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, onde após grandes atuações, Luiz Felipe Scolari (técnico na época) decidiu chamá-lo para integrar o time profissional. O jovem goiano tinha realizado o seu sonho, estreando no dia 4 de fevereiro contra o Aimoré pelo Campeonato Gaúcho, começando como titular e sendo substituído por Matias Rodríguez no intervalo.

Apesar de uma atuação normal, mostrou que poderia ser utilizado caso algum jogador importante se lesionasse, sendo uma peça extra. Naquele mesmo ano Felipão foi demitido, e Roger Machado foi contratado para ser o técnico do Grêmio. Com técnico novo, Arthur foi relacionado em cinco partidas, porém acabou jogando nenhuma partida.

Em 2016, o Grêmio decidiu renovar seu contrato até 2019, já era peça importante mesmo estando na reserva. Porém, voltou a jogar pelo sub-20 no comando de Felipe Endres, onde novamente se destacou sendo capitão e utilizando a camisa 10. Como fazia parte do grupo de transição, Arthur voltou ao clube principal por conta de Walace estar cedido naquela época a seleção brasileira olímpica, conquistando mais tarde o quinto título da Copa do Brasil, com Renato Portaluppi no comando.

A contratação de Renato Gaúcho como técnico fez com que, em 2017, Arthur fosse realmente reconhecido e que se tornasse peça fundamental no time titular. Em um jogo contra o Guaraní-PAR, em Assunção, o técnico gaúcho decidiu coloca-lo para começar jogando no XI inicial. Com uma atuação impecável, foi o destaque da partindo fazendo o lançamento para o gol de Pedro Rocha e não errou nenhum passe durante os 90 minutos em campo, virando a partir  daquele dia ''xodó da torcida''.

Após aquela partida o menino começou a ser titular, até se tornar peça importante no time de Renato Portaluppi. No dia 27 de Abril ganhou o seu primeiro prêmio como profissional, contra o Guaraní- PAR, na Copa Libertadores, jogo que ocorreu em Porto Alegre. Apesar do hat-trick de Barrios e um gol de Pedro Geromel, foi considero o melhor da partida por não ter errado um passo durante o jogo, ter sofrido pênalti e em outro lance causado a expulsão de um jogador.

No dia 17 de maio, ele marcou seu primeiro gol como profissional, após uma tabela com Barrios, quando recebeu o passe do paraguaio, driblou o goleiro Diego Cavalieri e mandou para o fundo das redes, na partida válida pela Copa do Brasil.

Pode-se concluir que, hoje, Arthur já é visto como um grande jogador no futebol brasileiro, tendo o seu estilo de jogo comparado com ícones do futebol mundial, como Iniesta e Thiago Alcantara. Não deixemos de ressaltar que graças a Renato Portaluppi, o jovem teve oportunidade para mostrar seu futebol, o que nos anteriores não aconteceu por conta de um elenco recheado com grandes nomes para a posição. O torcedor agora cria expectativa para que o goiano continue jogando pelo Grêmio, já que há interesse de diversos clubes europeus pensando em contratá-lo para fortalecer o meio campo com um jogador tão diferenciado como ele. Se continuará em 2018 no time não sabemos, mas certamente o torcedor viu que é uma das melhores joias que o clube lapidou nesses últimos anos.

VAVEL Logo

    Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Notícias

    há 11 dias
    há 12 dias
    há 13 dias
    há 13 dias
    há 16 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há 23 dias
    há um mês