Diretor fica fora de viagens do Criciúma após desavença com jogadores
Atitudes do dirigente desagradaram elenco criciumense | Foto: Lucas Colombo / DN Sul

A ausência do diretor executivo Edson Gaúcho da delegação do Criciúma nos últimos dois jogos como visitante na Série B se deu a pedido dos jogadores. Algumas atitudes do dirigente na demissão do técnico Luiz Carlos Winck e na intromissão até mesmo na vestimenta dos atletas em viagens para jogos teve repercussão ruim dentro do plantel.

Oficialmente, o clube diz que Gaúcho está fora dos próximos jogos como visitante porque estará viajando ao exterior para mapear jogadores, visando a próxima temporada, sem explicar a razão da ausência na vitória por 2 a 1 sobre o CRB e no empate sem gols com o Guarani. Entretanto, nos bastidores, a informação do racha entre o dirigente e atletas é confirmada por fontes ligadas as duas partes.

Mas enquanto o clube tenta driblar este impasse, o elenco segue treinando, visando a partida de sábado (7) contra o Londrina, no estádio Heriberto Hülse, a partir das 16h30, pela 28ª rodada.

Na manhã desta terça (3), os atletas iniciaram os trabalhos no CT com a parte física, partindo, em seguida, para atividades específicas para o sistema defensivo e treino de ataque contra defesa para a outra parte do grupo. Na reta final ocorreu um treino de chutes a gol e de cobranças de pênalti.

A novidade no time deve ser o meia Alex Maranhão. Retornando de suspensão, ele deve entrar na equipe na vaga de Douglas Moreira para o confronto diante dos paranaenses. “Esse jogo agora nós vamos ganhar, não importa se jogarmos bem ou não, estamos devendo isso a nossa torcida”, projetou o atacante Lucão.

Na quarta-feira (4), o treinamento será realizado no Heriberto Hülse, a partir das 9h. Será a penúltima atividade antes da partida do próximo sábado.

VAVEL Logo