Chape vence Hercílio Luz e garante vaga à final do Catarinense com três rodadas de antecedência
Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

Chape vence Hercílio Luz e garante vaga à final do Catarinense com três rodadas de antecedência

Com vitória por 2 a 0 na Arena Condá, Verdão não pode mais ser alcançado matematicamente pelo terceiro colocado

_juanlink_
Juan Link
Chapecoense Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Barreiro e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos (Canteros) e Márcio Araújo; Osman (Vinícius), Wellington Paulista e Guilherme; Técnico; Gilson Kleina
Hercílio LuzLucas Alves; Pablo, Sílvio Gomes, Cleber e Maurício (Levi); Gilton, Rudinei, Lucas Mota e Bruninho; Moisés (Maurício Britto), Tiago Pará (Lucão); Técnico: Nazareno Silva.
ÁRBITROFernando Henrique de Medeiros Miranda, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Luis Gustavo Ferreira de Souza.
INCIDENCIASPartida válida pela 15ª rodada do Campeonato Catarinense, disputada na Arena Condá, em Chapecó-RS.

Mesmo que tenha criado uma expectativa de jogo do ano, o Hercílio Luz não conseguiu segurar a Chape. Na noite desta quarta-feira (21), a Chapecoense venceu o Leão do Sul por 2 a 0, pela 15ª rodada do Campeonato Catarinense, na Arena Condá. Os gols foram marcados por Elicarlos e Wellington Paulista.

Aos 11 minutos, o Hercílio quase abriu o placar. Tiago Pará ficou cara a cara com Jandrei, chutou na saída do goleiro, mas errou o alvo. Dois minutos depois, Osman chuta forte de longe. A bola passa com velocidade próximo ao gol de Lucas Alves. No finalzinho da primeira etapa, o gol da Chape.  Bruno Pacheco cruza na área pós driblar o marcador. Elicarlos recebe livre na entrada da área, ajeita o corpo e dispara para o fundo das redes.

Na volta para o segundo tempo, o Índio Condá assustou logo de cara. Aos cinco minutos, Bruno Pacheco cruzou fechado, a bola vai na direção do gol, mas Lucas Alves manda para escanteio. Mais uma de Bruno Pacheco.  Aos 14,  lateral do esmeraldino deixou três para trás e cruzou na cabeça de Guilherme que mandou pra fora. Dez minutos depois, Canteros cobra escanteio na primeira trave e Wellington Paulista cabeceia raspando o poste vermelho e branco.

Aos 34 minutos, o centroavante deixou o dele. Em cobrança de pênalti, Wellington Paulista ampliou o placar para a Chape.  No apagar das luzes, aos 43, após cruzamento na área da Chapecoense, Maurício Britto, sozinho, mandou para fora de cabeça.

Com a vitória, a Chapecoense chega aos 36 pontos e não pode mais ser alcançado pelo terceiro colocado, Avaí. Assim, o Verdão garantiu antecipadamente a vaga para disputar a final do Campeonato Estadual. Na próxima rodada, a Chape vai ao estádio Augusto Bauer para enfrentar o Brusque, no domingo (25), às 16h. No mesmo dia e horário, o Hercílio Luz, oitavo colocado, com 14, visita o Figueirense.

VAVEL Logo

Associação Chapecoense de Futebol Notícias

há 16 dias
há 16 dias
há 17 dias
há 16 dias
há 25 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês