Atacante do América-MG, Luan é punido após confusão em clássico com zagueiro Léo Silva
Punição vale apenas para o Mineiro de 2019 (Foto: Mourão Panda/América-MG)

O atacante Luan, do América-MG, foi condenado em julgamento realizado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), na noite da última terça-feira (3). O atleta foi suspenso por um jogo após infringir o artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O artigo diz respeito à "assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva". A pena vale somente para o Campeonato Mineiro de 2019.

Luan foi a julgamento por ser expulso após o término do segundo jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, no dia 25 de março de 2018, quando o atacante ofendeu o zagueiro o zagueiro e capitão do Atlético-MG, Leonardo Silva. Em entrevista, o atacante assume seu erro e se justifica. 

"Eu tinha que ter sido expulso, sim, porque perdi a cabeça. Mas tem que ver o lado deles. Leonardo Silva é covarde. Ele fica debochando de companheiros de profissão. Isso é errado e por isso perdi a cabeça. Mas acredito que a justiça de Deus é maior”, disse Luan.

Esta é a segunda punição do atleta em menos de quatro meses. Na partida contra a URT realizada em Poços de Caldas, pela segunda rodada do Estadual, ao ser substituído, o atacante trocou cuspes com um torcedor na arquibancada. Na ocasião, ele foi julgado no artigo no 254-B, "Cuspir em outrem". Neste caso, o atacante foi multado em R$ 2,5 mil, com o valor sendo revertido em doações de fraldas geriátricas.

VAVEL Logo