Dourado exalta Barbieri e fala sobre concorrência com Guerrero: "Sem vaidade"
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Dourado exalta Barbieri e fala sobre concorrência com Guerrero: "Sem vaidade"

Atacante concedeu coletiva durante a tarde, no Ninho do Urubu; entre as declaraçõs, Dourado falou sobre Guerrero, comentou sua fase e rasgou elogios ao novo técnico

rafaeltartaglia
Rafael Tartaglia

Sem a definição de um treinador após o 'não' de Renato Gaúcho e a desistência oficial por Cuca, o Flamengo começará o Brasileiro com o técnico-interino Maurício Barbieri à frente do time. Sobre o novo comandante, Dourado rasgou elogios e destacou algumas características do jovem treinador.

“Uma das características que me chamou a atenção no Barbieri é a inteligência. Ele nos mostra simples coisas que fazem a diferença na partida. [...] O Barbieri tem uma inteligência de fazer com que nós compreendamos o que ele quer como equipe [...] Ele procura conversar bastante, nos dá confiança e liberdade para fazer uma jogada, e isso ajuda bastante”, comentou o camisa 19.

Principal atacante do Flamengo até aqui, Henrique Dourado não chega nem perto do nível demonstrado no Fluminense - nem nos números e nem nas apresentações. Sobre o desempenho, Dourado destacou a importância coletiva e disse pensar 'sempre positivo'.

"Sempre deixei claro que tenho minhas metas, mas as coletivas estão acima das individuais. Tenho meus objetivos neste ano e vou buscar o meu melhor. O pensamento que tenho é sempre positivo. Por mais que as coisas estejam difíceis, temos que trabalhar, lutar”, falou o atacante.

Para finalizar, o atacante falou sobre uma possível dupla com Guerrero, que está perto de retornar aos gramados após a suspensão por doping. Adversário dos tempos de Fluminense, Dourado revelou não ter vaidade quanto a titularidade e elogiou o companheiro.

“Estou conhecendo o Guerrero agora. Conhecia como adversário. É um cara bem simples. Procuro me dar bem com todos e ser sempre o mesmo. Por onde passei, os mais próximos eram da posição. A vaidade não existe”, disse Ceifador.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Confira outros trechos da entrevista:

Amistoso contra o Atlético-GO

“O que conta mesmo é quando valem os três pontos. Claro que vestir a camisa do Flamengo, seja quem quer que seja, o pensamento é de vitória. O amistoso serviu para o Barbieri testar algumas peças e mostrar o que quer.”

Maurício Barbieri

“Nesse tempo que tivemos para trabalhar, o professor Barbieri acrescentou algumas coisas que ele já tinha a visão por estar conosco. Estamos aprendendo e nos preparando para o Brasileiro.”

Favoritismo no Brasileiro

“Favoritismo parte mais de fora. Nós sabemos da dificuldade que é, do elenco que temos e foi formado para buscarmos títulos. Há outras equipes buscando isso. Tem umas quatro ou cinco equipes no páreo.”

Treino aberto

“É uma ideia boa (treino aberto). Já que não vamos ter a presença da torcida no dia do jogo, vai nos ajudar muito. Ter esse calor da torcida vai ser importante.”

VAVEL Logo

    Flamengo Notícias

    há 4 dias
    há 4 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 8 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 19 dias
    há 24 dias