Notas: Leandro Carvalho, Gilson e Lindoso se destacam em vitória do Botafogo na Sul-Americana
Foto: Claudio Reyes/AFP

Notas: Leandro Carvalho, Gilson e Lindoso se destacam em vitória do Botafogo na Sul-Americana

Jogo pelos lados do Botafogo rende no segundo tempo e alvinegro consegue virada no último minuto; Brenner também tem boa atuação

sergio-santana
Sergio Santana

Apesar de estar enfrentando o último colocado do Campeonato Chileno, o Botafogo teve trabalho para derrotar o Audax Italiano, em jogo válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana. No segundo tempo, a equipe alvinegra melhorou, conquistou uma vitória por 2 a 1 e saiu em vantagem por uma vaga na próxima fase da competição. A VAVEL Brasil deu as notas para os atletas da equipe de General Severiano:

Gatito Fernandez – nota 5,5: pouco acionado, quase fez uma grande defesa no lance que resultou no gol do Audax Italiano.

Marcinho – nota 5: participou pouco do ataque, mas também não comprometeu na fase defensiva.

Joel Carli – nota 5,5: soberano pelo alto, venceu todos os duelos aéreos com Loco Abreu, que entrou durante o segundo tempo.

Igor Rabello – nota 5: não comprometeu.

Gilson – notas 6,5: a primeira boa atuação do lateral-esquerdo no ano. Foi a principal válvula de escape da equipe, sendo importante nos ataques em velocidade. Errou a grande parte dos cruzamentos que tentou, mas, no fim, deu o passe para o segundo gol.

Rodrigo Lindoso – nota 6: importante para a saída de bola do alvinegro. Foi de suma importância para os passes em profundidade buscando jogadas pelos lados do campo.

Marcelo – nota 4,5: esteve mais presente no campo de ataque, participando mais do jogo. Porém, errou, mais uma vez, muitos passes.

Renatinho – sem nota: sentiu um desconforto muscular e foi substituído com cinco minutos.

Matheus Fernandes – nota 4,0: não foi capaz de segurar uma pressão do Audax Italiano no fim do primeiro tempo. Chegou a fazer boas infiltrações, mas errou muitos passes simples.

Leandro Carvalho – nota 6,5: sumido no primeiro tempo, já que sentiu a falta de ritmo, conseguiu se recuperar na etapa complementar, sendo um dos principais nomes do Botafogo no jogo. Por meio da sua velocidade, foi a principal ameaça ofensiva do Botafogo.

Léo Valencia – nota 5,0: com a bola no pé, não conseguiu criar muito. Por meio das bolas paradas, porém, cobrou a falta que resultou no gol de Brenner.

Brenner – nota 6,5: fez grande partida. Foi muito participativo no ataque, construindo boas jogadas e marcou o gol de empate mostrando muito oportunismo dentro da área.

Marcos Vinícius – nota 5,0: não foi muito participativo na partida, mas a mudança de posicionamento que trouxe para a equipe foi fundamental para a virada.

Rodrigo Pimpão – nota 6,0: levou um cartão amarelo em seu primeiro lance no gramado. Porém, se recuperou e marcou o gol da virada. 

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 14 dias
    há 15 dias
    há 16 dias
    há 18 dias
    há 22 dias
    há 22 dias
    há 23 dias
    há 24 dias
    há 24 dias
    há 25 dias
    há 25 dias