Criciúma vence primeira, tira invencibilidade do Avaí e deixa lanterna
Foto: Divulgação/Avaí FC

Criciúma vence primeira, tira invencibilidade do Avaí e deixa lanterna

Tigre conquista primeira vitória em oito jogos e consegue respirar na tabela; Leão não perdia desde a primeira rodada da Série B

SandroCristiano
Sandro Cristiano Höring
AvaíAranha; Fagner Alemão, Betão e Airton; Guga; Matheus Barbosa, Renato, Pedro Casto e Capa; Rômulo e Rodrigão. Téc. Geninho
CriciúmaLuiz; Sueliton, Nino, Fábio Ferreira e Marlon; Jean, João Paulo, Elvis, Eduardo e Luiz Fernando; Zé Carlos. Téc. Mazola Júnior
Placar0-1, min. 74, Zé Carlos
ÁRBITRORafael Traci, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta.
INCIDENCIAS8ª Rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018. Estádio da Ressacada, Florianópolis/SC.

Demorou, mas enfim saiu a primeira vitória do Criciúma na Série B! Foram sete partidas de seca, de pressão e crise no Heriberto Hülse, até que enfim o Tigre encontrasse a sua vitória. E não tinha palco melhor para isso acontecer do que no clássico diante do Avaí, no Estádio da Ressacada. Zé Carlos foi o altor do trunfo que da vida para a equipe do interior do estado catarinense, que precisa de uma grande reação para fugir do Z-4.

Com o mesmo objetivo, de vencer a partida, mas com situações bem diferentes na tabela de classificação, Avaí e Criciúma protagonizaram um primeiro tempo bem abaixo das expectativas. Apesar do esforço das duas equipes, ficou nítido a falta de inspiração nos primeiros 45 minutos, onde o lance mais perigoso da partida saiu aos 43 minutos, quando Alemão quase fez gol contra, assustando a torcida do Leão.

A torcida do Tigre também pediu pênalti em um lance que também envolveu o zagueiro Alemão do Avaí, após lançamento na área, os jogadores do Criciúma pediram um toque de mão do zagueiro do Leão, porém o árbitro da partida mandou o lance seguir.

Se a primeira etapa de partida foi bem sonolento, o segundo tempo de partida foi emocionante, digno de clássico; chances de gols, confusão e é claro, gol. Capa foi o jogador do Avaí mais perigoso na partida, o lateral esquerdo teve duas chances de abrir o placar, mas não converteu.

Necessitando da vitória, o Criciúma também se jogava ao ataque e foi premiado aos 29 minutos, quando Zé Carlos abriu o placar de pênalti. Quatro minutos mais tarde, Fábio Ferreira acabou perdendo uma chance incrível de liquidar a partida, mas dentro da pequena área o zagueiro acabou finalizando pra fora.

Aos 37, André Moritz e Vitor Feijão, que entraram durante a segunda etapa, começaram um principio de confusão, foram punidos pelo árbitro Rafael Traci com cartão vermelho, deixando as duas equipes com 10 jogadores. 

O Avaí chegou a ensaiar uma pressão final, mas sem resultado, o Tigre acabou vencendo o clássico e quebrando o jejum de sete partidas sem vitórias.

Com a vitória, o Tigre chega aos quatro pontos na tabela de classificação, permanecendo na zona de rebaixamento, porém agora, ocupando a 18ª colocação. O Avaí que vinha de três vitórias consecutivas, e está na quarta colocação, com 14 pontos. O Leão só perde a vaga no G-4 se o Atlético-GO aplicar uma goleada histórica contra o Goiás neste sábado (2).

Os dois times voltam a campo na terça-feira (5). O Avaí joga em São Luís contra o Sampaio Corrêa, às 20h30, enquanto o Criciúma recebe o Paysandu, às 19h15.

VAVEL Logo

Criciúma Notícias

há 2 dias
há 12 dias
há 14 dias
há 19 dias
há 21 dias
há 23 dias
há 23 dias
há 23 dias
há um mês
há um mês
há um mês