Alexandre Campello projeta novas contratações de peso caso sócio-torcedor do Vasco cresça

Dirigentes esperam que com anistia aos sócios estatutários e chegada de Maxi, torcida abrace o programa

Alexandre Campello projeta novas contratações de peso caso sócio-torcedor do Vasco cresça
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

O Vasco apresentou na noite da última terça-feira (17), em São Januário, o atacante Maxi López, que estava livre no mercado após passagem pela Udinese, da Itália. Com a chegada do jogador a direção do Cruz-Maltino pretende alavancar a quantidade de sócios-torcedores, a ideia é aumentar o quantitativo em até 5 mil até dezembro deste ano. Durante a apresentação do argentino, o presidente Alexandre Campello e o diretor de futebol Alexandre Faria, falaram da importância em ter o apoio do torcedor para a manutenção de uma equipe competitiva.

Campello prometeu um novo reforço ao fim da temporada, caso a torcida abrace o programa de sócio-torcedor e associe-se de maneira expressiva. O mandatário se mostrou atento às exigências da torcida nas redes sociais e citou o programa lançado na última semana, de anistia para sócios estatutários, que possibilita o perdão da dívida e a inserção no novo quadro.

“Vejo nas redes sociais que o torcedor cobra jogador. Eles dizem para trazer o torcedor que a torcida paga. Eu trouxe (risos). Mas espero mesmo que a torcida abrace, que os sócios voltem com a anistia, na segunda-feira tivemos quase mil pessoas que aproveitaram o programa. Desejo que o torcedor que tanto cobrou passe a também a colaborar. Se tivermos um aumento expressivo, podemos trazer mais um grande jogador no fim do ano”, prometeu Campello.

Alexandre Faria endossou o discurso do presidente e reforçou a importância do apoio da torcida, principalmente nos dois próximos jogos. A equipe vascaína terá dois jogos (Fluminense e Grêmio) em casa e o dirigente espera contar com a força da torcida novamente, como aconteceu no confronto de segunda-feira (16) contra o Bahia, pela Copa do Brasil.

“Impressionante como os atletas só falavam do show que a torcida deu ontem. Foi um dos dias mais bonitos que tive em estádio. Aproveito para chamar a torcida. Temos Fluminense e Grêmio. Temos tudo para fazer seis pontos e se Deus quiser vamos conquistar isso”, projetou Faria.

O diretor de futebol, Alexandre Faria fez uma projeção do provável momento em que Maxi estará apto a atuar pelo Vasco, mas ressaltou que o atleta precisará de um período para se readaptar. Vale lembrar que o argentino teve seu contrato encerrado com a Udinese em junho e não atua desde então.

“Sabemos que o Maxi vai precisar de um prazo de readaptação. Por falta de regularização ele não vai deixar de jogar. Acredito que no início da próxima semana ele já esteja regularizado”, alertou o diretor de futebol.