Burse avalia estreia positiva no comando do Vitória, apesar do empate contra Cruzeiro

Mesmo interino, técnico comemorou o empate contra o Cruzeiro e prometeu corrigir os erros que foram cometidos no confronto

Burse avalia estreia positiva no comando do Vitória, apesar do empate contra Cruzeiro
Técnico assumiu após passagem pela equipe Sub-20 do Vitória (Foto: Divulgação/EC Vitória)

Em seu primeira partida como técnico interino à frente do Vitória, o técnico João Burse conquistou apenas um empate contra o Cruzeiro no Barradão. Ao final do confronto, Burse concedeu entrevista coletiva para falar sobre sua primeira experiência em uma equipe profissional, visto que liderava a equipe do Sub-20 do Vitória.

Logo de início, o técnico falou sobre as impressões que teve durante o duelo. Em sua visão, o Vitória teve momentos bons e ruins durante os 90 minutos.

"Acho que o primeiro tempo foi um pouco travado. As duas equipes se estudando, o meio-campo um pouco travado em relação a posse de bola, erramos muitos passes. Mas depois estabilizou. Segundo tempo tivemos um grande volume de jogo", analisou.

Mesmo com o empate em 1 a 1, o técnico citou os números para mostrar a superioridade do Leão durante o confronto. A posse de bola foram destaques e as chances criadas também agradaram o treinador, apesar do pouco tempo de treinamento.

"Na verdade foram poucas sessões de treinos, foram quatro sessões. Estou como interino. Estou à disposição do clube para ajudar juntamente com os atletas. Fizemos um jogo bom, oscilamos no primeiro tempo, mas tivemos volume legal. Criamos bastante. Foram 57% de posse no campo de ataque contra 43%, 13 finalizações contra 9. Criamos, chegamos, infelizmente cedemos o empate logo em seguida, três minutos depois do nosso gol", lamentou.

À beira da zona de rebaixamento, Burse citou a cobrança por uma melhora de desempenho como um todo, ao invés de focar somente em pontos-chave da atuação, como defensivamente e no ataque.

"É dar continuidade. Responderam bem em relação a agressividade. Não só de marcar, mas de jogar. Subimos um pouco a linha da marcação. Isso gera desgaste, mas ao mesmo tempo temos cobrado deles ficar um pouco mais com a bola. Vou sentar com eles para fazer ajustes", finalizou.

Agora, o Vitória volta a campo somente no próximo domingo (12), contra o Grêmio. Para a partida, Bruse diz que vai pegar a semana para traçar um plano para obter sucesso contra os gaúchos.

"Agora é sentar, terça (reapresentação) se apresentar, focar totalmente no Grêmio e depois elaborar a estratégia para jogar fora", finalizou.