Luiz Fernando conta com apoio da torcida na próxima partida do Botafogo pela Sul-Americana
(Foto: Divulgacão/Botafogo)

Luiz Fernando conta com apoio da torcida na próxima partida do Botafogo pela Sul-Americana

Após jogo treino, atleta comentou sobre a expectativa para a partida contra o Nacional; fator torcida será essencial

ariannalacerda
Arianna Lacerda

O Botafogo vem treinando visando o próximo confronto contra o Nacional-PAR, nesta quinta-feira (16) pelo jogo da volta no Nilton Santos, às 19h30. A expectativa é grande, afinal, são mais de 20 mil ingressos vendidos para a partida. No jogo de ida o Nacional venceu por 2 a 1, e agora precisa vencer para passar de fase. No jogo treino de hoje (13) contra a Portuguesa-RJ, Luiz Fernando conversou com a imprensa. 

Contando com um bom público no Nilton Santos, Luiz Fernando falou de início sobre como os jogadores estão na expectativa de apoio dos torcedores, como foi na Libertadores de 2017. 

“Todo grupo está pensando positivo, sabemos que a torcida virá apoiar. No ano passado, eu acompanhei a torcida na Libertadores e vi o Nilton Santos lotado. Com estádio lotado, a atmosfera é outra. Eles vão contagiar o grupo e isso vai ajudar bastante para conseguirmos a classificação”.

No placar de 2 a 1 no jogo de ida para o Nacional, o jogador foi responsável por diminuir a vantagem dos paraguaios, marcando um único gol. Apesar de não ter conseguido a vitória, ele demonstrou felicidade. 

“Fico feliz de ter feito gol na Sul-Americana, o meu primeiro em competição internacional. Sabemos (da catimba). Eles começaram a fazer cera depois de abrir o placar, mas nosso grupo é esperto, tem bastante jogador experiente. É procurar ser Botafogo”.

Além disso, ele fez uma análise sobre o adversário: “Time deles tem uma equipe aguerrida, creio que virão fechadinhos, mas na nossa casa vamos ter que nos impor. Questão de tomar um gol no finalzinho incomodou bastante o grupo porque deixamos a vitória importante”.

Por fim, Luiz Fernando comentou sobre ter perdido um gol frente a frente com o goleiro na partida contra o Paraná, pelo Campeonato Brasileiro. Se lamentou mas está focado na próxima partida. 

Bola quicou antes. Me cobrei bastante. Fiquei a noite toda pensando no lance. Sabíamos que seria um jogo difícil e pela pressão que o Paraná tinha. Vamos virar a chave porque quinta tem jogo importante”, concluiu. 

VAVEL Logo