Cuca exalta torcida em vitória do Santos contra o Sport: “Devemos a conquista a eles”

Treinador descarta novos reforços, defende Gabigol e elogia estreia de gringos

Cuca exalta torcida em vitória do Santos contra o Sport: “Devemos a conquista a eles”
(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Após mais de dois meses sem vencer pelo Campeonato Brasileiro, o Santos se reencontrou com a vitória neste sábado (18) ao bater o Sport por 3 a 0 pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro na Vila Belmiro. Após a campanha de marketing do Peixe nas redes sociais convocando a torcida para iniciar um momento de reação com o clube, os ingressos para o confronto contra o Leão da Ilha foram esgotados de forma antecipada, com 10.991 torcedores incentivando o time do início ao fim. Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Cuca ressaltou a importância do torcedor no resultado. 

“Metade da nossa conquista devemos ao torcedor. Foram maravilhosos, entenderam e apoiaram. Antes do jogo, na rua. O que eles fizeram motivaram. E o time teve entrega total, uma sincronia”, afirmou o treinador do Santos. 

Os torcedores que foram à Vila Belmiro se reuniram cerca de duas horas antes da partida para recepcionar o ônibus do Peixe, alguns com sal grosso para ilustrar a transição para uma boa fase, além disso, uma faixa com os dizeres "Sai Zika" foi instalada na arquibancada. Supersticioso assumido, Cuca viu com bons olhos a atitude da torcida. 

“Tudo ajuda quando se faz pro bem. Cada um tem sua crença, mas o mais importante foi o empurrão que a torcida deu, antes do campo mesmo. Os meninos se reuniram no campo, agradeceram”, comentou Cuca. 

Elogio a estrangeiros e apoio a Gabriel

A vitória contra o Sport também marcou a estreia como titular dos estrangeiros, Derlis González, Carlos Sánchez e Bryan Ruiz, contratados na janela de transferências do meio do ano. Os três atletas tiveram uma boa atuação, sendo que Derlis e Bryan saíram com uma assistência cada. Cuca aproveitou a coletiva para elogiar o desempenho do trio. 

“Derlis jogou bem, principalmente no segundo tempo. Participou do gol, teve muita força e atitude durante todo o jogo. Sánchez é o terceiro jogo dele, e Bryan a primeira que inicia. Tem qualidade e visão de jogo. Os três têm”, disse o técnico o Santos.  

Outro jogador que não balançou as redes, mas fez uma boa partida, foi o atacante Gabriel. Vaiado nas últimas partidas em que o Santos disputou na Vila Belmiro, o jogador buscou jogo, participou na construção das jogadas de gol e até deixou o dele, porém o lance foi anulado pelo auxiliar Heronildo Freitas Silva que marcou impedimento no lance. Cuca viu a atuação de Gabigol não só uma resposta do atacante á torcida, mas também uma resposta da torcida apoiando o jogador. 

“Resposta dele para a torcida e da torcida para ele. Ele precisa de incentivo. Ele é normal, tranquilo. Quem conhece pode falar. Ele é voluntarioso, não tem vergonha de correr pelos outros, não se importa se a bola entra ou não. Deixou as ofertas de fora para ficar. Isso deve ser valorizado. Ele precisava dessa paz”, disse Cuca. 

Mesmo com a vitória, o Santos não terá descanso. O time já fará um treinamento regenerativo na manhã neste domingo (19) e na parte da tarde viajará para a Argentina onde tem partida decisiva nesta terça (21) contra o Independiente pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América