Com duas expulsões, Palmeiras perde para o Cerro Porteño, mas avança na Libertadores
Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com duas expulsões, Palmeiras perde para o Cerro Porteño, mas avança na Libertadores

Felipe Melo no começo do jogo e Deyverson nos acréscimos acabaram sendo expulsos ; Cáceres do Cerro também acabou recebendo cartão vermelho

PHAndrade
Pedro Andrade
PalmeirasWeverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Jean); Willian (Deyverson), Dudu e Borja (Thiago Santos) Técnico: Luiz Felipe Scolari
Cerro PorteñoSilva; Raúl Cáceres, Marcos Cáceres, Escobar e Arzamendia; Victor Cáceres (Nelson Haedo Valdez), Palau e Rodrigo Rojas (Novick); Óscar Ruíz, Churin e Jorge Rojas (Jorge Benítez) Técnico: Fernando Jubero
PlacarCERRO PORTEÑO: Arzamendia, aos 11 minutos do segundo tempo
ÁRBITROÁrbitro: German Delfino (ARG) Assistentes: Hernan Maidana (ARG) e Gabriel Chade (ARG)
INCIDENCIASPúblico: 33.204 torcedores Renda: R$ 2.913.369,38 Cartões amarelos: Edu Dracena (PALMEIRAS); Churín, Ecobar, Novick, Jorge Rojas, Palau (CERRO PORTEÑO) Cartão vermelho: Felipe Melo e Deyverson (PALMEIRAS); Marcos Cáceres (CERRO PORTEÑO)

Nesta quinta-feira (26), o Palmeiras recebeu a equipe do Cerro Porteño-PAR, em partida válida pela partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O Cerro venceu pelo placar de 1 a 0 mas não foi o suficiente para arrancar a vaga do Verdão na Libertadores.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

O jogo já começou quente e com um lance que foi fatal para o resto do andamento da partida. Felipe Melo aos 3 minutos foi expulso após entrada em Víctor Cáceres. Originalmente o juiz deu amarelo, mas voltou a traz e expulsou o volante alviverde.

Com um a menos o Palmeiras teve que se virar na partida. O jogo teve poucas chegadas efetivas. Aos 17 minutos o Cerro chegou com Escobar que chutou firme de fora da área, o goleiro Weverton deu o rebote. Mas Edu Dracena salvou a equipe da casa.

Aos 26 minutos, o Palmeiras teve a sua primeira chegada com mais perigo. Diogo Barbosa puxou contra-ataque e abriu para William, que cruzou para o meio da área. A bola foi muito forte e não encontrou Borja. Três minutos depois o Verdão conseguiu mais um contra ataque, dessa vez com Borja. O camisa 9 acionou William dentro da área. Ele bateu de primeira para a boa defesa do goleiro Antony Silva.

Aos 34 minutos foi a vez do Cerro chegar em duas oportunidades. A primeira aos 34 minutos, Ruiz recebeu cruzamento de Víctor Cáceres e chutou de primeira. O outro lance foi aos 45 minutos, Ruiz chutou cruzado e assustou o goleiro Weverton.

No segundo tempo o jogo começa pegado. No primeiro minuto Borja e Rodrigo Rojas disputam bola no alto. Pior para o jogador do Cerro que precisou deixar o Allianz Parque de ambulância. Mas está bem.

Depois do ocorrido o jogo segue bem equilibrado. Aos 10 minutos o Palmeiras chega com Edu Dracena que triscou na bola buscando Borja, após cabeçada de Dudu. No lance seguinte o Cerro abre o placar com Arzamendia, que fez um cruzamento pra área e pegou o goleiro do Palmeiras desprevenido já que estava bem adiantado.

Depois disso o jogo continuou equilibrado. No fim do jogo o Palmeiras segurou o jogo do jeito que pode. Tivemos uma expulsão do Deyverson por chamar a torcida para o jogo e ter gerado uma confusão com os Paraguaios. E o Verdão segurando a posse em seu campo de ataque até o fim dos 11 minutos adicionais  dados pelo arbitro. 

O Palmeiras volta suas atenções agora para o Brasileirão, onde encara a Chapecoense fora de casa, domingo as 19:00 hrs. 

VAVEL Logo

    Sociedade Esportiva Palmeiras Notícias

    há 2 dias
    há 2 dias
    há 5 dias
    há 5 dias
    há 6 dias
    há 9 dias
    há 13 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 16 dias
    há 16 dias