Após reclamações sobre gramado, Maracanã anuncia paralisação dos jogos, mas Fla não será afetado

Campo passou por uma reforma no final de agosto, mas não surtiu efeito e passará por novos cuidados durante quase um mês; Rubro-Negro terá um jogo nesse período, e jogará no estádio

Após reclamações sobre gramado, Maracanã anuncia paralisação dos jogos, mas Fla não será afetado
(Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo)

Na véspera da partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Corinthians, a concessionária que administra o Maracanã anunciou que a realização de jogos no estádio será interrompida a partir desta quinta-feira (13) até o dia 9 de outubro.

Nesse final de semana, o estado do gramado foi duramente criticado por jogadores e técnicos de Flamengo, Chapecoense, Fluminense e Botafogo: "O gramado não contribuiu para nosso tipo de jogo. Os adversários também reclamaram bastante. Isso nos atrapalhou muito, principalmente para quem busca o último passe", comentou Barbieri após a vitória no último sábado (8).

Em nota, o consórcio afirmou que a Greenleaf, empresa que cuida do campo de jogo do estádio, foi quem pediu para a paralisação dos jogos no Maracanã nesse período. Porém, apenas o Fluminense será afetado.

O Tricolor faria três partidas no estádio e terá que buscar outro lugar para realizar os jogos contra Grêmio e Paraná. Contra o Deportivo Cuenca, pela Sul-Americana, o clube fez um acordo para jogar no Maracanã. O Flamengo não será afetado pois já iniciou a venda de ingressos para a única partida no Maracanã nesse período (contra o Atlético-MG). 

Confira a nota da concessionária:

"O Maracanã informa que atendeu a um pedido da Greenleaf, empresa responsável pela manutenção do gramado, e a realização de jogos no estádio será interrompida entre os dias 13 de setembro e 9 de outubro. O Flamengo, Fluminense e Vasco já foram notificados sobre a decisão. Para honrar o compromisso com os torcedores e os clubes, a partida entre Flamengo e Atlético-MG, programada para o dia 23 de setembro, será mantida, uma vez que a venda de ingressos já foi iniciada.

Apesar do forte trabalho realizado para a recuperação contínua do gramado, a cobertura de grama foi afetada pelo grande número de jogos realizados nos últimos dias - 13 partidas em 36 dias. O excesso de jogos causou alta compactação do solo, disfunção do nivelamento e uma baixa densidade de folhas. A intervenção tem como objetivo acelerar recuperação do gramado a fim de assegurar que o Maracanã ofereça condições adequadas para a realização de jogos até o fim do ano. Entre as atividades que serão realizadas neste período estão a descompactação, aeração, topdresser, correção do micronivelamento e fertilização foliar. O Maracanã reforça também que a temperatura amena dessa época do ano prejudicou o crescimento da grama de inverno, sobrecarregando a grama de verão. Em outubro, está programada uma nova troca de 1/3 do gramado".