Micale lamenta revés do Figueirense e elogia Sampaio Corrêa: "Jogamos contra um time aguerrido"
Divulgação/ Figueirense 

Micale lamenta revés do Figueirense e elogia Sampaio Corrêa: "Jogamos contra um time aguerrido"

Figueira sofre com desfalques, não faz um bom jogo e perde mais uma na competição

agnesrigas
Agnes Rigas

Na noite desta terça feira (02), o Figueirense teve um compromisso importante fora de casa contra o Sampaio Corrêa hoje pela 30° rodada da série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado negativo, o Figueira ainda se mantém entre primeiros dez colocados da competição, mesmo vindo uma sequência de resultados negativos com derrotas e empates.

O técnico Rogério Micale, na entrevista coletiva após o confronto fala sobre o comportamento do seu time na partida. O mesma fala que por conta das lesões e cartões amarelos de seu elenco e com o pouco tempo de preparação que teve com a equipe, eles foram prejudicados e acabaram não fazendo um bom jogo.

"Lamentamos muito, pois tivemos uma proposta de jogo de esperar um pouco a transição, até tivemos momentos onde podíamos ter feito essas transições mas os passes não estavam se encaixando. Tomamos um gol de bola parada, até estávamos com o controle da jogada e o gol aconteceu da mesma forma. Sabíamos que nos últimos 15 minutos eles eram bastante vulneráveis, mudei o time colocando ele para frente, mas mesmo assim nem o empate conseguimos", disse o treinador.

Declarando ter tido pouco tempo de preparação com o time, Micale aponta que o time sofrendo bastante com os desfalques foram um dos grandes diferenciais da partida de hoje e com os resultados recentes da equipe do Sampaio Corrêa, todo reforço é necessário.

"Tivemos pouco tempo de preparação, somente 10 dias, tendo uma boa resposta contra o Atlético Goianiense, mas hoje infelizmente, pelos cartões e lesões deixaram muita gente de fora, e sofremos com isso pela questão do entrosamento e acabamos não fazendo um bom jogo. Sabíamos que iriamos enfrentar uma equipe muito aguerrida, eles ganharam do líder Fortaleza e isso mostra um momento diferenciando que a equipe está passando" afirmou.

O técnico ainda falou da esperança que o torcedor e o elenco tem de ainda subir para a série A do Campeonato Brasileiro. Contando que o time mude sua atitude e desempenha um comportamento totalmente contrário que vem mostrando até agora na competição, pode ter algumas chances de voltar a elite do futebol nacional. 

"Enquanto houver esperanças matematicamente falando, nós ainda vamos acreditar em um possível acesso para a série A. Lógico que precisamos ganhar para que isso aconteça, temos que rever nossos conceitos, nos acertar, pois o nosso índice do segundo turno é de rebaixamento. Temos que conversar e nos controlar para sair dessa situação. Espero dar a resposta o mais rápido possível", finalizou Micale.

 

 

VAVEL Logo