Rafael Marques marca pela primeira vez, e Figueirense vence Botafogo-SP no Scarpelli
Foto: Matheus Dias/Figueirense FC

Rafael Marques marca pela primeira vez, e Figueirense vence Botafogo-SP no Scarpelli

Time paulista reagiu no segundo tempo, chegou a empatar, mas Figueira buscou a vitória por 2 a 1 em Florianópolis

bruno-da-silva
Bruno da Silva
FigueirenseDenis; Alemão Teixeira, Alemão, Ruan Renato, Matheus Destro; Patrick, Betinho, Tony; Fellipe Mateus (João Diogo, min. 23/2ºt), Willian Popp (Pereira, min. 45/2ºt), Rafael Marques (Juninho, min. 31/2ºt). Técnico: Hemerson Maria
Botafogo-SPDarley; Lucas (Lucas Mendes, min. 33/2ºt), Leandro Amaro, Luiz Otávio, Paraná; Jonata Machado (Henan, intervalo), Willian Oliveira, Marlos Freitas; Murilo Henrique, Júlio César (Nádson, intervalo), Rafael Costa. Técnico: Roberto Cavalo
Placar1-0, min. 26/1ºt, Rafael Marques. 1-1, min. 15/2ºt, Rafael Costa. 2-1, min. 34/2ºt, Ruan Renato
INCIDENCIASPartida válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2019, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, SC

Em duelo na parte de cima da tabela da Série B, o Figueirense bateu o vice-líder Botafogo-SP e colou no G-4. Nesta terça-feira (11), em jogo válido pela oitava rodada, Rafael Marques abriu o placar para os mandantes, Rafael Costa empatou, mas Ruan Renato decretou a vitória alvinegra por 2 a 1 no Orlando Scarpelli.

A primeira etapa foi de grande domínio do Figueirense. A primeira chance apareceu logo aos sete. Fellipe Mateus recebeu de Popp com muito espaço na entrada da área, bateu com muita categoria e exigiu primeira ótima defesa de Darley. Após essa oportunidade inicial, o jogo transcorreu em um ritmo mais baixo, mas sempre com os mandantes mais presentes no campo de ataque.

Aos 25, em grande arrancada pela direita, Willian Popp foi até a linha de fundo e cruzou rasteira para Rafael Marques completar para o gol na pequena área: Figueirense 1 a 0. Quatro minutos depois, após boa jogada pela direita, Alemão Teixeira cruzou para a segunda trave e Tony finalizou com categoria, mas Leandro Amaro salvou praticamente em cima da linha.

Na luta pela liderança da Série B, o Botafogo foi praticamente inofensivo na primeira etapa. O Pantera só finalizou uma vez, contra 12 chutes do Figueirense, quatro a zero em finalizações certas. Aos 36, Tony tabelou com Popp na entrada da área, finalizou com efeito de pé esquerdo e Darley apareceu para defender em dois tempos.

Já aos 43, Betinho roubou a bola no campo de ataque, avançou pela direita e atravessou para Popp, que ajeitou e bateu com capricho, mas a trave salvou o time paulista de ir para o intervalo com uma desvantagem ainda maior.

Para a segunda etapa, o técnico Roberto Cavalo fez duas alterações, colocando Henan e Nádson nas vagas de Jonata e Júlio César, e o Botafogo equilibrou a partida. Contando apenas o segundo tempo, o time paulista finalizou 12 vezes, contra sete do Figueira. Logo aos oito, Pará recebeu na esquerda e cruzou na pequena área para Henan finalizar de cabeça e mandar, com desvio, muito perto do gol de Denis.

Apesar da melhora do Botafogo, o Figueirense se manteve perigoso na partida. Aos 11, após nova boa jogada pela esquerda, Popp cruzou para o meio da área e Rafael Marques finalizou de joelho e Darley apareceu para salvar de forma brilhante. No rebote, Fellipe Mateus finalizou de primeira, mas acabou errando o alvo. Três minutos depois, depois de bola alçada por Pará na área, Henan ganhou no alto e Rafael Costa apareceu para encher o pé na pequena área e estufar as redes de Denis, fazendo valer a 'lei do ex' em Floripa: 1 a 1.

O técnico Hemerson Maria respondeu o gol do Botafogo com duas alterações no ataque do Figueirense, que passou a correr riscos de tomar a virada diante do seu torcedor. Aos 26, na cobrança de escanteio de Pará, Luiz Otávio raspou e Rafael Costa apareceu para finalizar na cara do goleiro, mas Denis salvou o Figueirense de levar a virada. No minuto seguinte, Marlon Freitas arriscou chutaço de fora da área e novamente o goleiro apareceu para defender.

Quando o rival parecia mais perto do gol, o Figueirense conseguiu arrancar o seu gol. Aos 33, após cobrança de escanteio de Tony, Ruan Renato tocou de cabeça e contou com a saída errada do goleiro para mandar de mansinho no canto e recolocar o Figueira a frente do placar. Abalado pelo gol sofrido e desgastado fisicamente, o Botafogo não teve forças e acabou sendo derrotado pela primeira vez como visitante na Série B.

Com a vitória em Floripa, o Figueirense sobe os 13 pontos e alcança o quinto lugar, dois pontos abaixo do G-4. O Botafogo permanece com 16, na vice-liderança.

As duas equipes só voltam a campo após a parada para a Copa América. O Figueirense visita o América-MG, enquanto o Botafogo-SP recebe o Brasil de Pelotas. As datas ainda não estão definidas.

VAVEL Logo