Em Ribeirão Preto, Operário-PR arranca empate no último lance diante do Botafogo-SP
Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

Em confronto direto pela Série B, Botafogo-SP e Operário-PR se enfrentaram nesta terça-feira (24), no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Os donos da casa saíram na frente por 1 a 0, com gol de Bruno Moraes, mas aos 50 minutos do segundo tempo, Lazaro deixou tudo igual para os paranaenses.

Com o resultado, o clube paulista está com 36 pontos e ocupa a quinta colocação na tabela, apenas um ponto atrás do CRB, quarto colocado. Já a equipe do Paraná está em sexto lugar e também tem 36 pontos na conta.

Botafogo sai na frente 

Apesar de ser o pior visitante da competição, o Operário-PR começou melhor e criou uma boa chance logo de cara. A bola sobrou na entrada da área para Cleyton, que tocou para Lucas Batatinha finalizar de esquerda com muito perigo, mas por cima do gol. 

O alvinegro seguiu tomando a iniciativa e aos 11 minutos teve mais uma bela chance de abrir o placar. Marcelo bateu cruzado para a área e Jardel ficou muito perto de alcançar a bola de carrinho e empurrar para as redes. 

A partir de então, o Botafogo-SP se encontrou e equilibrou a partida. Fazendo valer seu bom momento no campeonato e o mando de campo, o clube de Ribeirão Preto se lançou ao ataque. Aos 19 minutos Murilo Henrique deu um lindo chapéu em seu marcador, cortou para o meio de área e tocou de calcanhar, para Marlon Freitas, que chegou batendo forte, de primeira, mas também por cima do gol. 

O tricolor seguiu pressionando e aos 29 minutos de jogo, o gol apareceu. Após cobrança de escanteio, Rodrigo Viana saiu muito mal do gol e a bola sobrou para Bruno Moraes, que bateu de direita e abriu o placar para os donos da casa (1 a 0).

Depois disso, a partida voltou a ficar equilibrada e as equipes criaram pouco. A melhor chance foi dos visitantes, pouco antes do fim da primeira etapa. Após bate rebate na área, a bola sobrou para Cleyton. O meia bateu forte, de primeira, mas a bola foi novamente para fora. 

Segundo etapa sem gols 

Operário voltou do vestiário melhor e logo no primeiro minuto quase chegou ao empate. A zaga do Botafogo-SP saiu jogando errado e Felipe Augusto roubou a bola dentro da área. Porém, o atacante não conseguiu finalizar com precisão e desperdiçou uma boa oportunidade. 

Apesar de ver o time adversário crescer, os donos da casa responderam após cinco minutos. Lucas Mendes cobrou falta na área, na cabeça de Bruno Moraes. O atacante estava completamente livre, quase na pequena área, mas cabeceou fraco, nas mãos do goleiro.  

Os visitantes continuaram pressionando, e 15 minutos mais tarde chegaram novamente com perigo. Marcelo cobrou escanteio com muito veneno e obrigou Darley a fazer uma boa defesa. 

Seguindo estratégias distintas, os técnicos modificaram suas respectivas equipes. De um lado, Hemerson Maria recuou o Botafogo-SP para tentar segurar o resultado, e de outro, Gerson Gusmão colocou mais um atacante para buscar o empate. Lançando-se ao ataque, a equipe visitante conseguiu criar perigo no último lance, quando Lazaro aproveitou passe de Marcelo para deixar tudo igual. Botafogo-SP 1 a 1 com o Operário-PR

VAVEL Logo