Boavista chega à final, e Erick Flores desabafa: "Ninguém acreditava, mas a gente chegou"
Foto: Reprodução/Boavista

O Boavista recebeu o Volta Redonda, pela semifinal da Taça Guanabara, e empatou em 1 a 1, resultado que deu ao time da Região dos Lagos a classificação para a decisão do turno, contra o Flamengo, sábado (22), no Maracanã. O duelo aconteceu no Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá, e o Verdão de Saquarema, assim conhecido no Rio, tinha a vantagem do empate por ter terminado na primeira colocação do Grupo A, com 13 pontos.

Revelado pelo Flamengo, o meia Erick Flores destacou a importância da partida contra seu ex-clube e fez projeções do confronto: "Todo mundo sabe que, hoje, é o time a ser batido  no Brasil. Agora é chegar na final, se divertir e jogar nosso futebol. Papai do céu tem alguma coisa guardada para nós".

O jogador ainda ressaltou que o Alviverde sofria com muita desconfiança desde o início do Campeonato Carioca: "Viemos com nossa humildade e pés no chão até aqui, indo jogo a jogo e fazendo os resultados que a gente sabia que precisava para ir longe. Ninguém acreditava, mas a gente chegou".

Antes da decisão de sábado, o Boavista ainda tem um compromisso pela Copa do Brasil. A equipe do técnico Paulo Bonamigo encara a Chapecoense, às 19h15, pela primeira fase da competição, também em Bacaxá. Desta vez, a vantagem do empate será do clube catarinense, melhor posicionado no ranking da CBF.

VAVEL Logo