Treinador auxiliar, Alexandre Faganello vê pontos positivos no Ceará mesmo após derrota
Foto: Felipe Santos/Ceará SC

O Ceará foi ao Beira-Rio em busca de barrar o líder do Brasileirão, Internacional, e acabou derrotado por 2 a 0. Com dois gol de Thiago Galhardo, a equipe gaúcha triunfou sobre o Vozão, que teve boas chances no primeiro tempo mas se perdeu após tomar o gol colorado. Alexandre Faganello, técnico auxiliar do Ceará, deu coletiva sobre a partida.

Perguntado sobre a derrota para o Internacional e as oscilações do time, Faganello respondeu:

“Fizemos um bom primeiro tempo, tivemos algumas oportunidades para fazer o gol, sair na frente, onde o jogo mudaria totalmente de contexto, mas não fizemos. Pagamos caro no final, com gol do Inter, que ia criar suas oportunidades e na primeira que conseguiu criar clara fez o gol.”, Disse o técnico auxiliar do Vozão, e prosseguiu — “Segundo tempo, realmente nosso time não se encontrou, começamos muito desatentos e quase pagamos caro por isso”.

Faganello falou sobre resultado, supostamente, satisfatório.

“Os desfalques sempre vão prejudicar, quando é de quantidade. Eram quatro desfalques, é complicado. A gente perde um pouco de entrosamento. Os jogadores que entraram, num empenho total, falta um pouco do ritmo do jogo, isso é normal. (...) Eu acho que um resultado, num todo, a gente não pode desmerecer a partida que o Inter fez, também. Nós podíamos ter saído na frente e o contexto do jogo seria totalmente diferente, mas não fizemos. Futebol é assim. Eles criaram e fizeram", firmou o auxiliar.

Após ser perguntado, Alexandre também citou a ausência de 5 jogadores que foram titulares, contra o Santos, para a partida.

“Quando você muda quase meio time é complicado porque você perde um pouquinho do conjunto. Os jogadores que estão no Ceará, hoje, têm condições de serem titular. Todos do grupo têm condições de serem titular, mas a partir do momento que você vem jogando todas as partidas com uma equipe, sem mudanças, isso acontece. Independente de o jogador estar mal ou não, o conjunto ele é atrapalhado”, respondeu.

Pontos positivos e negativos

Faganello separou pontos positivos e negativos da equipe de hoje, também.

“Bom, eu acho que a gente sempre, nas derrotas, encontra as falhas e os defeitos da equipe. Então, não tem que dar ênfase nesse tipo de coisa. Nem tudo dar errado quando a gente perde e nem tudo dá certo quando a gente ganha. Acho que fizemos um bom primeiro tempo, poderíamos até sair na frente, fazer 1 ou 2 gols. Criamos oportunidades para isso. No segundo tempo, atrás do marcador, tivemos que propor um pouco mais, o Inter ficou esperando e saiu rápido e pressionou a saída de bola nossa que também dificultou bastante. Eu acho que os jogadores que entraram deram o máximo e foram até onde eles podiam para dar um volume de jogo”, finalizou o auxiliar.

O próximo confronto do Ceará é contra o Flamengo, no Castelão. Às 18h de Domingo (13), pelo Brasileirão.

VAVEL Logo