Joinville aposta em velho conhecido para buscar retorno à Série C
Divulgação/ Joinville

Neste sábado (19), às 17h o Joinville faz a sua primeira partida na Série D 2020. A equipe foi eliminada nas quartas de final do Catarinense e espera repetir os feitos de anos anteriores, quando chegou a disputar inclusive a Série A do Brasileirão. Para conseguir este objetivo, o clube aposta em Fabinho Santos.

O atual comandante começou sua carreira como treinador justamente no clube de Santa Catarina, em 2016, no sub-17, saindo dois anos depois para ser auxiliar técnico do Paraná Clube. Mas a história de Soares com o Joinville já antiga. Em 1997, ainda quando atuava como meio-campista, ele vestiu a camisa do JEC, voltando em 2000, saindo em seguida para o Coritiba. Este ano foi anunciado como treinador da equipe na Série D desta temporada.

No estadual, o JEC terminou a primeira fase na sétima colocação e foi eliminado nas quartas de final diante do eventual vice-campeão Brusque. Fabinho destaca o desempenho do time e lamenta que em alguns momentos a vitória não veio.

"Acredito que em algumas partidas conseguimos produzir muito bem e a equipe se comportou bem, sendo muito agressiva. A ideia de jogo foi bem executada e em algum desses jogos a vitória não veio, uma pena, porque a equipe produziu, buscou o gol adversário, mas por detalhes acabamos não saindo de campo com a vitória," afirmou.

O Joinville está no Grupo 8, ao lado de Caxias, Marcílio Dias, Pelotas, São Caetano, Tubarão, São Luiz e Novorizontino, seu adversário na estreia. A chave que conta com clubes que, assim como o JEC, já tiveram momentos melhores. É os casos de São Caetano, com diversas passagens pela Série A e o Caxias, clube que disputou por muito tempo a Série B e não subiu ano passado por detalhe.

Apesar da tradição, Fabinho recusa o rótulo de favoritismo do JEC, afirmando que as coisas vão sendo construída partida por partida, ainda mais em um grupo tão complicado.

"O que nos torna favorito é o desempenho que a equipe terá partida por partida. A medida que vamos jogando, fazendo um bom futebol, acaba fazendo com que sejamos favorito. Esperamos que isso venha a acontecer, porque será um processo muito importante para fazer com que o Joinville tenha acessos e nosso objetivo é subir para a Série C", completou.

Um dos trunfos é o fato de Fabinho ter tido duas passagens vitoriosas e conhecer de perto os bastidores da equipe. Sobre isto, Soares afirma ser muito importante relatar para seus comandados, sobre o que é vestir o manto do JEC.

"Ter sido campeão e jogador do clube, conhecer o que representa vestir esta camisa e falar da experiência para os atletas é muito bom. Claro que cada jogo precisamos produzir, mas temos trabalhado bastante, que não seja só o conhecimento, mas que o resultado também venha a acontecer a partir de agora", completou.

VAVEL Logo