Técnico do Leeds, Marcelo Bielsa exalta São Paulo de 1992 e Telê Santana: "Mente superior"
Marcelo Bielsa exaltou Telê Santana em entrevista (Foto: Divulgação/Leeds United)

Marcelo Bielsa é inspiração para uma série de profissionais e fãs de futebol. Ele, como não poderia deixar de ser, também tem referências no esporte. Uma delas é muito conhecida dos fãs brasileiros. Trata-se de Telê Santana, técnico de uma série de equipes nacionais e da Seleção Brasileira nas Copas do Mundo de 1982 e 1986. 

A revelação veio em uma entrevista de "Loco", como é carinhosamente chamado, à DAZN. Bielsa, por sinal, também revelou como surgiu a admiração. Na final da Copa Libertadores 1992, o argentino era treinador do Newell's Old Boys, que enfrentou o São Paulo, treinado por Telê Santana - e que conquistou o primeiro título continental na ocasião.

Ele exaltou não apenas o treinador como, também, a equipe. "O Telê Santana era uma mente superior, um grande treinador. Jogamos contra o São Paulo na final. Era uma equipe única, extraordinária e perdemos nos pênaltis", destacou.

Especificamente sobre a final, Bielsa escalou o São Paulo e relembrou quando se deu conta que, talvez, não tinha chance de ser campeão - mesmo vencendo o cotejo de ida. "Não era impossível ganhar. Ganhamos em Rosário. A gente não era melhor que o São Paulo. Depois da vitória em Rosário por 1 a 0, eu percebi que a torcida não comemorou muito. Eles sabiam que não seria suficiente. Eles eram tão bons que 1 a 0 não era suficiente. Veja só: nos vencemos, mas esse triunfo não foi acompanhado da euforia que eu sentia, que merecia por temos ganho o primeiro tempo de uma partida tão importante contra um rival como o São Paulo. Ainda conseguimos levar a decisão para os pênaltis", finalizou o atual treinador do Leeds United.

VAVEL Logo