Pia Sundhage faz balanço do trabalho feito na Seleção Brasileira
Foto: Mariana Sá / CBF

A Seleção Brasileira Feminina venceu os dois amistosos realizados contra a Seleção Equatoriana. As partidas fazem parte da preparação da equipe rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio. O último, no Estádio do Morumbi, teve o placar de 8 a 0 e encerrou os compromissos oficiais deste ano com chave de ouro.

Em entrevista coletiva, a técnica Pia Sundhage fez um balanço da Seleção e reforçou a importância de montar um time competitivo e dar oportunidades para as atletas jovens.

“O foco é estarmos preparados para as Olimpíadas, mas eu quero encontrar uma equipe competitiva e isso significa que nós precisamos dar às jogadoras a chance de chegar até a equipe olímpica. Existem excelentes jogadoras e que são jovens, não sei se estarão preparadas para as olimpíadas, mas estarão preparadas para a Copa do Mundo e para os anos seguintes”.

Em relação à disposição tática da equipe, comentou a necessidade de ter uma defesa consistente.

“Precisamos ser agressivas o tempo todo, independente se estamos fazendo muita ou pouca pressão. E isso vai ser um dos nossos objetivos para trabalhar no futuro, porque precisamos ser capazes de jogar o duelo inteiro sem ficarmos cansadas. Por isso também é tão importante saber defender de diferentes formas. Ainda teremos mais alguns encontros preparatórios para trabalhar isso".

Sob o seu comando, a seleção atuou em 13 jogos, com 8 vitórias, 4 empates e teve apenas uma derrota. Foram 40 gols marcados e 5 gols sofridos.

“Acho que já achamos a base do nosso elenco e a ideia principal de jogo. Também acredito que agora as jogadoras estão mais confortáveis e já conseguem entender o que eu e a comissão esperamos delas na Seleção Brasileira. Agora temos o recesso, mas vamos manter o contato com as jogadoras e os técnicos. O ano não foi fácil para ninguém, mas acho que funcionou. A ideia é estarmos todas juntas na mesma página".

VAVEL Logo