Com gol de Valdívia, Avaí marca nos acréscimos e busca empate contra Cruzeiro
Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro EC

Cruzeiro garantia vitória importantíssima no sonho do acesso, mas o Avaí marcou aos 49 do segundo tempo e o jogo pela 30ª rodada da Série B terminou empatado em 1 a 1 na Ressacada. Felipe Machado abriu o placar e Valdívia fechou o placar em partida disputa em Florianópolis nesta sexta-feira (18).

Com o resultado, o Avaí ampliou a sequência sem perder para o Cruzeiro para nove jogos. Desde 2011, foram sete empates e duas vitórias do Leão.

Falha decisiva

A estratégia do Avaí parecia a mais bem-sucedida do primeiro tempo. O time de Claudinei Oliveira, com menos posse de bola - 44% ao fim da etapa inicial -, se portava na defesa e aproveitava dos vários erros de passe do Cruzeiro para atacar com velocidade. Foram quatro finalizações, duas certas, as melhores do jogo até os 40 minutos.

Por outro lado, o Cruzeiro de Felipão se mostrava desconfortável. Obrigado pelo Avaí a ter a posse de bola, o time tinha problema para articular no meio-campo e um ataque pouco inspirado. Patrick Brey foi uma válvula de escape acionada em alguns momentos na etapa inicial, mas o lateral não conseguiu boas assistências. Enquanto isso, Airton e Sóbis, principalmente, passaram discretos.

No geral, o jogo foi de muitos erros de passe do Cruzeiro e de poucas emoções. Valdívia e Gastón Rodríguez foram os jogadores mais importantes do Avaí no ataque e também articularam as melhores chances. Primeiro, aos 13, o camisa 10 trouxe da direita para o meio, ficou com espaço na entrada da área e finalizou de canhota, em cima de Fábio.

Depois, aos 35, Gastón recebeu de Valdívia dentro da área, fez o pivô e Getúlio chutou de fora, mas Fábio segurou em dois tempos. O pilar da atuação do Avaí, porém, ruiu aos 40. Pottker cruzou na segunda trave, Alemão e Frigeri não se entenderam e Felipe Machado apareceu livre para cabecear e fazer 1 a 0, gol que mudou a dinâmica para o segundo tempo.

Empate arrancado

Para a segunda etapa, o Avaí foi obrigado a adotar uma postura diferente, mas sofreu para superar a defesa do Cruzeiro. Com a vantagem, a Raposa tentou administrar e segurou o Leão na maioria do tempo.

A estratégia de abdicar do jogo, porém, não foi perfeita, e o Avaí, mesmo com defeitos, chegou em alguns momentos. Aos 25, Pedro Castro recebeu de Getúlio dentro da área, chuou mal, mas a bola sobrou para Valdívia, que chutou em cima de Fábio.

As alterações do Avaí diminuíram a velocidade do time para aumentar a estatura do ataque. O panorama pouco se alterou, e a próxima chance do Leão foi aos 32, quando Ronaldo abriu para Pedro Castro, que limpou para dentro e chutou colocado, mas parou em ótima defesa de Fábio.

No segundo tempo, o Cruzeiro somou quatro finalizações, apenas uma certa contra oito e quatro do Avaí, respectivamente. A estratégia de segurar o resultado parecia ser suficiente. Mas o castigo veio aos 49. Após falta cobrada na área, Edílson cruzou da segunda trave e Valdívia apareceu do outro lado para completar de cabeça e manter a invencibilidade de Claudinei no comando do Leão: 1 a 1.

Classificação e próximos compromissos

Com 44 pontos, o Avaí ocupa o sétimo lugar, três atrás do Cuiabá, que é o quarto, mas ainda joga na rodada. Já o Cruzeiro ocupa a nona colocação, com 40.

O Avaí volta a campo para clássico no Orlando Scarpelli diante do Figueirense no sábado (26), às 16h. Já o Cruzeiro entra em campo na terça-feira (22) contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, às 21h30.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo