De tirar o fôlego: Avaí marca no último minuto, bate Guarani e segue na briga pelo acesso
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC

O pulso do Avaí ainda pulsa. Com gol aos 52 do segundo tempo, o Leão bateu o Guarani por 2 a 1 e venceu na 37ª rodada da Série B, mantendo as chances de acesso à elite do futebol brasileiro. Alemão abriu o placar, Júnior Todinho empatou, mas Jonathan garantiu a vitória dos catarinenses na Ressacada neste sábado (23).

Avaí prevalece em primeiro tempo movimentado

O Avaí entrou em campo com o mesmo time que goleou o Juventude na última rodada, mas o time de Claudinei Oliveira foi menos dominante do que a partida anterior. Do outro lado, o Guarani de Felipe Conceição, sem grandes responsabilidades na Série B, se portou de forma ofensiva e criou mais chances. O Bugre terminou o primeiro tempo com 62% de posse de bola e 13 finalizações, contra nove do Leão.

Até os 17 minutos, o jogo tinha poucas chances, mas, a partir deste momento, esquentou. Rickson fez Gledson trabalhar em chute de longe e Murilo Rangel quase abriu o placar no rebote, mas Alemão salvou a bola da direção do gol. No contra-ataque, Getúlio chegou a driblar o goleiro Gabriel Mesquita, que conseguiu se recuperar a tempo e evitou o tento avaiano.

Este foi o melhor momento do Avaí no primeiro tempo, e saiu na frente aos 22. Vinícius Leite, que já havia dado duas assistências em escanteios no jogo contra o Juventude, somou mais uma. Ele colocou na primeira trave e Alemão completou: 1 a 0.

Bolas na trave

Depois de sair atrás, o Guarani chegou a acertar duas vezes a bola na trave: aos 24, com Pablo, e Júnior Todinho aos 28. O Bugre teve espaços principalmente no lado esquerdo do Avaí, onde essas duas jogadas saíram. Com uma postura ofensiva, o time campineiro assustou, mas também deixou espaços para o Avaí contra-atacar. O problema para o Leão, porém, foi a imprecisão do time para acertar os passes finais, o que dificultou as finalizações dos jogadores da frente.

O Avaí conseguiu chegar mais perto do gol em uma bola parada. Aos 45, Edilson cobrou falta na área, a bola rebateu em dois jogadores do Guarani, mas Gabriel Mesquita salvou e o movimentado primeiro tempo acabou com vantagem mínima para os mandantes.

Guarani toma as rédeas do jogo

O começo da etapa final foi de domínio do Bugre. O time chegou a ter 18 a nove em finalizações contra o Avaí e, aos sete, empatou. Rickson foi à linha de fundo, cruzou para trás e Júnior Todinho chutou. Ele contou com desvio em Alemão para fazer 1 a 1.

O Avaí, precisando da vitória, não conseguiu superar a boa troca de passes do rival mesmo com resultado adverso até Claudinei Oliveira começar a fazer alterações já na metade final do segundo tempo. O Guarani ocupou o campo de ataque e limitou todas as armas do Leão. Por pouco, a virada não veio ao 22, quando Marcelo obrigou Gledson a fazer grande defesa.

Após confusão, Leão busca gol crucial e sobrevive

As entradas de Bruno Silva, e principalmente Jonathan e depois do jovem Jô, que estreou na Série B, mudaram o panorama do jogo. O Avaí voltou a chegar perto da área do Bugre e conseguiu a pressão no fim. O Leão terminou a partida com 20 finalizações, seis na direção do gol, e foi para o abafa.

Aos 40, em passe certeiro de Alemão, Jonathan saiu nas costas da defesa, mas Gabriel Mesquita saiu da área para travar e evitar o gol. Cinco minutos depois, Jô ficou com rebote na entrada da área, encheu o pé e carimbou a trave.

O Avaí mantinha a pressão no final, mas, aos 48, o jogo ficou parado por alguns minutos. Walber deu entrada dura em cima de xx e levou cartão vermelho direto. Uma confusão generalizada se formou e, por alguns minutos, o jogo ficou parado. Aos 49, Edilson acabou sendo expulso também após reclamar na cobrança da mesma falta, porque o juiz mandou voltar por não ter autorizado o recomeço da partida.

Mesmo depois de toda a confusão, o Avaí conseguiu arrancar a vitória. Aos 52, Jô recebeu de Getúlio e abriu para Jonathan, que apareceu livre na área e marcou seu terceiro gol nos últimos quatro jogos: 2 a 1 para o Leão, que vai à última rodada com chances de buscar o quarto acesso seguido.

Classificação e próximos compromissos

Com 55 pontos, o Avaí está na sexta posição e ainda sonha com acesso. Além de vencer o vice-líder América-MG na rodada final, o time vai precisar de tropeços do CSA e do Juventude, que joga justamente contra o Guarani, que é o 12º colocado, com 48. As partidas da rodada final acontecem na sexta-feira (22), às 21h30.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo