Sampaoli avalia desempenho do Atlético-MG em derrota e
lamenta mais um tropeço
Jorge Sampaoli após o jogo (Foto: Reprodução/TV Galo)

Após o tropeço em casa do São Paulo, o Atlético-MG se viu na obrigação de vencer o Vasco, em São Januário, já que o Galo – melhor mandante da Série A - tem uma sequência em casa pela frente. No entanto, o resultado não foi o esperado. O time de Jorge Sampaoli foi derrotado por 3 a 2.

Com poucas palavras, como de costume, o técnico argentino afirmou que o pênalti perdido por Hyoran, aos 14 minutos do primeiro tempo, foi um fator decisivo na filosofia do jogo.

O pênalti perdido psicologicamente afetou. Em seguida, o gol do Vasco os fez (atletas do Cruzmaltino) crescer na partida. Isso nos obrigou a sair mais. Dominamos o jogo, mas saímos derrotados por não conseguirmos estabelecer um padrão”, falou.

Sobre a ineficiência do ataque do Galo, Sampaoli se esquivou e disse que é uma questão de qualidade. O Atlético-MG é o time que mais finaliza na Série A, porém os gols não tem saído dos pés dos atacantes, mas sim dos meias.

Não acho que seja capricho ou intensidade. Isso é um tema de contundência, porém não estamos convertendo todas as jogadas”, afirmou.

O Galo não tem conseguindo encaixar uma sequência positiva na competição, e não aproveita os “deslizes” dos concorrentes, o que vem incomodando os torcedores. Sobre isso, Jorge Sampaoli justificou como fatores do futebol.

Posso dizer ao torcedor que o time busca (o resultado) do primeiro ao último minuto, como hoje. Deveríamos ter vencido Grêmio e Vasco, mas infelizmente conseguimos fazer somente dois pontos. Circunstâncias do futebol”, concluiu o argentino.

Na quarta colocação, com 54 pontos, o Atlético-MG volta a jogar no dia 26 janeiro, com o Santos, em Belo Horizonte/MG, em jogo atrasado do Brasileirão.

VAVEL Logo