#MeuRival: mulheres relatam séries de casos sobre preconceito no futebol
Foto: Reprodução / Museu do Futebol

No dia dedicado às mulheres, o Museu do Futebol iniciou uma campanha no Twitter, com a hashtag Meu Rival, para incentivar profissionais e torcedoras mulheres a compartilharem experiências machistas as quais sofreram pelo simples motivo de gostarem ou trabalharem com o futebol.

A instituição participou e foi responsável por relembrar fatos históricos, como o decreto-lei que proibiu o futebol feminino profissional entre os anos de 1941 e 1979 no país.

A maioria das publicações são sobre falas e atitudes machistas e perguntas como “O que é impedimento?”, “Mas você gosta mesmo?”, que subestimam e questionam a capacidade de uma mulher entender sobre o futebol.

Confira algumas postagens

 

VAVEL Logo