Mozart Santos pede demissão do CSA e irá comandar Chapecoense
Augusto Oliveira/CSA

Mozart Santos não é mais o técnico do CSA. Após a informação ser divulgada primeiro por membros da imprensa esportiva de Alagoas pouco depois das 19 horas deste domingo (18), o clube confirmou minutos depois que Mozart pediu demissão da equipe ao entrar em contato com o presidente azulino Rafael Tenório sob a justificativa de ter aceitado uma proposta feita pela Chapecoense. Comentarista da Rádio Pajuçara FM, Marlon Araújo divulgou em primeira mão a lacuna no comando técnico da equipe alagoana.

Contratado no último mês de setembro, quando a equipe ocupava a penúltima colocação no Campeonato Brasileiro da Série B, ficou conhecido por tirar a equipe da zona de rebaixamento e colocá-la na briga por uma vaga na Série A, o que não ocorreu após tropeços seguidos na reta final. Com contrato renovado para a temporada 2021, disputou Campeonato Alagoano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Sua saída ocorre justamente no dia seguinte à desclassificação no Nordestão e dias após o revés que resultou na saída da Copa do Brasil. Em pouco mais de seis meses, foram 46 jogos, com 21 vitórias, 17 empates e oito derrotas, com 74 gols marcados e 38 sofridos. O clube comunicou nota oficial em seu site para oficializar a mudança no comando técnico.

Em conversa por telefone com Emerson Júnior, da CBN Maceió, Rafael Tenório reforçou a saída de Mozart e afirmou que não tem pressa em anunciar um substituto. A ideia da direção é ter alguém que possa dar seguimento ao trabalho além de ter experiência em acessos. Não é algo novo no clube, uma vez que a chegada de Marcelo Cabo em 2018 tinha esse intuito e deu certo, com o retorno marujo à elite do futebol nacional depois de 32 anos.

Mozart Santos será o novo treinador da Chapecoense. A equipe catarinense ficou sem treinador após a saída de Umberto Louzer rumo ao Sport. O novo treinador do Verdão do Oeste se assemelha ao projeto do clube catarinense em ter um técnico barato com provas eficientes de bom trabalho. A grande missão do novo técnico da Chape será garantir a permanência na Série A.

Enquanto os verdes finalizam o trabalho e começa a iniciar um novo ciclo de trabalho, o CSA vai entrar no mercado em busca de um novo comandante técnico. Além de Mozart, saem o auxiliar Denis Iwamura e o preparador físico Jackson Schwengber e rumam a Santa Catarina. Personagem principal em sua vinda a Alagoas, o diretor de futebol Rodrigo Pastana segue no Azulão. Enquanto isso, o Azulão do Mutange será interinamente comandado pelo auxiliar Adriano Rodrigues e volta a entrar em campo às 20 horas da próxima terça-feira (20), quando enfrenta o Aliança pela sétima e antepenúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Alagoano 2021, no Estádio da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em Maceió/AL.

VAVEL Logo