Mikael analisa temporada do Ypiranga e faz projetos para 2022: “Descansar um pouco e ver o que temos para o ano que vem”
Foto; Divulgação/Ypiranga

Chega ao fim mais uma temporada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Ypiranga-RS mais uma vez fez uma campanha sólida na terceira divisão do país, mas ficou por pouco de subir para a B. Novamente, a equipe bateu na trave na busca pelo acesso e o sonho foi adiado por mais um ano. 

Mikael, volante do Canarinho, esteve presente nas duas últimas tentativas: em 2020 e 2021. Para ele, são coisas do futebol e a busca é por uma correção para a próxima temporada. Ele acredita que é necessário perder algumas vezes para conseguir a vitória na frente, como um processo de desenvolvimento:

“Depois dessa temporada, eu sinto que sensação não é das boas mas também não é das piores, porque fizemos um ano muito bom aqui no Ypiranga e não conseguir o acesso são coisas do futebol. É claro que ficamos muito tristes por mais um ano bater na trave, mas é seguir em frente e ver o que erramos neste ano e corrigir, trabalhar para o próximo ano. Acredito que essas derrotas fazem parte de um processo de desenvolvimento, subiremos quando estivermos preparados e tirarmos lições dessas derrotas.”

A Série C tem mostrado ser uma competição de alto nível, com brigas fortes e equipes qualificadas. Tombense, Ituano, Criciúma e Novorizontino conseguiram subir para a segunda divisão. Mikael avalia a competição como ‘uma vitrine’ e garante que o Ypiranga logo vai estar na B:

“É uma competição muito boa de se jogar, tem muitos times qualificados, que montam bons elencos e a Série C acaba virando uma vitrine, inclusive há equipes que hoje poderiam estar em um patamar mais alto, como o Ypiranga, mas o futebol é assim. Em breve o time vai estar na Série B.”

Ainda não se sabe sobre renovação, mas Mikael diz que o plano dele para o ano que vem é conversar com a diretoria em busca de permanecer no Canarinho. Segundo o jogador, a vontade é de seguir ajudando o projeto da equipe de Erechim em conseguir o acesso: 

“Meu plano é conversar com a diretoria para ver qual a intenção deles comigo, porque a minha intenção é continuar dando sequência no trabalho aqui no Ypiranga. Acho que fiz um bom ano vestindo a camisa do Canário, então agora é ter calma, descansar um pouco e ver qual o acerto para o ano que vem.”

 

 

 

 

VAVEL Logo