Treinador do Botafogo, Eduardo Barroca avalia desempenho na primeira fase da Copinha

Após 100%, treinador do sub-20 avalia atuações do alvinegro

Treinador do Botafogo, Eduardo Barroca avalia desempenho na primeira fase da Copinha
Foto: Divulgação/Botafogo FR

Mostrando um estilo de jogo expressivo, o Botafogo avançou de fase na Copa SP de Futebol Jr com 100% de aproveitamento e a certeza de que, mesmo na primeira fase, pôde ser visto jogadores com grande potencial, que ainda brilharão muito na atual edição do competição sub-20 e nos campos brasileiros.

O responsável por toda essa garotada chama-se Eduardo Barroca, técnico da categoria no alvinegro carioca. Tal motivo de espanto por parte do grande público que acompanhou o desempenho do Glorioso não é surpresa para a comissão técnica do clube e da diretoria, já conhecendo os trabalhos anteriores do treinador e o tempo de casa do técnico em General Severiano.

"A base do meu trabalho consiste em formar o jogador do Botafogo para ser protagonista com a bola. O Botafogo é um clube que precisa sempre propor o jogo pela sua grandeza e a base do meu trabalho é essa, fazer com que independentemente da partida, adversário ou competição, a gente tenha o domínio do jogo para buscar as vitórias. A história e o DNA do clube pedem isso e o meu trabalho é conseguir formar jogadores para o profissional tendo recebido esse tipo de estímulo. Foi muito importante ter iniciado essa primeira fase dessa forma, com 3 vitórias e 13 gols, com a performance boa, mas principalmente, com a forma que a gente vem jogando", destacou Barroca.

Barroca não deixa de firmar os pés no chão mesmo após a atuação na primeira fase ter sido um salto importante para adquirir ainda mais confiança pelos garotos nas fases eliminatórias, mas ainda sim mantendo o estilo de jogo para conseguir sustentar a esperança de vôos mais longos na competição.

"Apesar de sabermos que agora serão jogos eliminatórios, o conceito do trabalho e da formação segue o mesmo. Vamos jogar as eliminatórias sempre tentando propor o jogo, jogando para ganhar, para ter a bola o tempo todo e agredir o adversário, até porque não sabemos fazer de outra forma, é uma característica dos jogadores que estão trabalhando comigo há algum tempo. Sabemos que conforme formos avançando, os adversários vão ficando mais difíceis, o desgaste físico pelo tempo curto da competição vai aparecendo muito mais, mas com certeza a nossa ideia de ser protagonista vai continuar até o final".

A próxima partida do Botafogo na Copinha será diante do Despostivo Brasil-SP na próxima quinta-feira (11), às 16:30 em Capivari. A VAVEL Brasil transmite o jogo em tempo real.