Fluminense constrói resultado no primeiro tempo, vence e empurra Cruzeiro para zona do rebaixamento

Flu marcou dois gols em 25 minutos no primeiro tempo e deu fim ao jejum de três jogos sem vitória. Cruzeiro entra na zona do rebaixamento

Fluminense constrói resultado no primeiro tempo, vence e empurra Cruzeiro para zona do rebaixamento
Foto: Divulgação/Fluminense FC
Fluminense
2 0
Cruzeiro
Fluminense: Diego Cavalieri; Jonathan (Igor Julião, min. 25'/2ºT), Gum, Henrique e William Matheus; Douglas, Cícero, Maranhão (Edson, min. 36'/2ºT) e Marcos Junior (Dudu, min. 23'/2ºT); Richarlison e Samuel. Técnico: Levir Culpi
Cruzeiro: Fábio; Lucas (Ezequiel, min. 34'/2ºT), Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Edimar; Henrique, Bruno Ramires e Allano (Rafinha, min. 43'/1ºT); Rafael Sóbis, Willian e Ábila (Riascos, min. 22'/2ºT). Técnico: Paulo Bento.
Placar: 1-0, min. 6'/1ºT, Cícero. 2-0, min. 25'/1ºT, Marcos Junior.
ÁRBITRO: WILTON PEREIRA SAMPAIO (FIFA/GO), AUXILIADO POR FABRICIO VILARINHO DA SILVA (FIFA/GO) E BRUNO BOSCHILIA (FIFA/GO).
INCIDENCIAS: 15ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2016, JOGO REALIZADO NO ESTÁDIO GIULITE COUTINHO (EDSON PASSOS), EM MESQUITA, NO RIO DE JANEIRO (RJ).

Na tarde deste domingo (17), o Fluminense recebeu o Cruzeiro no estádio Edson Passos e venceu por 2 a 0, com gols de Cícero e Marcos Junior, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo deu fim ao jejum de três jogos sem vencer.

Pela primeira vez no Brasileirão deste ano, o Flu jogou próximo da sua torcida sem precisar viajar para longe. Os torcedores marcaram presença e empurraram o time desde o início do jogo. Com 25 minutos no primeiro tempo, o Fluminense já vencia por 2 a 0 e ficou mais tranquilo pelo resto do jogo.

Com a vitória, o Fluminense subiu para a nona colocação com 21 pontos. Por sua vez, com a derrota o Cruzeiro se manteve com 15 pontos e entrou na zona do rebaixamento devido ao empate do Figueirense contra a Chapecoense.

Flu marca duas vezes em 25 minutos e domina primeiro tempo

O Fluminense começou melhor no jogo com pressão na saída de bola do Cruzeiro e jogadas pela ponta. Logo aos seis minutos, Henrique quase abriu o placar de cabeça, mas Fábio fez milagre. No rebote, Cícero marcou o primeiro do jogo.

Aos 13 minutos, Allano perdeu a bola no meio e o Flu saiu no contragolpe. Richarlison foi lançado, mas Fábio saiu do gol e ficou com a bola. O Flu tinha mais espaços e aproveitava. Aos 20 minutos, Douglas tentou finalizar de fora da área, mas o goleiro do Cruzeiro defendeu.

A pressão tricolor resultou num pênalti cometido por Bruno Viana em cima de Marcos Junior. O próprio atacante cobrou e ampliou para o Flu. Por pouco o Flu não aumentou o placar aos 27 minutos, quando Douglas foi fazendo fila pela ponta direita e finalizou rasteiro, mas Fábio defendeu.

Depois disso, o Cruzeiro passou a administrar mais a posse de bola, mas tinha dificuldades para criar chances de gol. Mas as oportunidades começaram a surgir e aos 34 minutos o zagueiro Bruno Rodrigo levou perigo ao cabecear por cima do gol de Diego Cavalieri. No fim do primeiro tempo, Willian quase diminuiu em finalização de fora da área, mas a bola saiu por cima.

Segundo tempo de poucas chances e Flu segura resultado construído no primeiro tempo

A etapa final começou com o Cruzeiro pressionando o Fluminense. Aos sete minutos, Rafael Sobis quase diminuiu o placar, mas a finalização foi desviada para escanteio. Na sequência do lance, após a cobrança de escanteio, Cavalieri defendeu a finalização queima a roupa de Ávila e salvou o Flu. 

A primeira oportunidade do Fluminense no segundo tempo só surgiu aos 15 minutos, quando Maranhão recebeu na ponta direita e finalizou forte no canto, mas Fábio fez grande defesa. Após esse lance, o jogo ficou um pouco morno, com poucas oportunidades e muitas paralisações.

No resto do jogo, poucas oportunidades de perigo ao gol foram criadas. As equipes não conseguiam criar muitas chances e o jogo ficou morno até o fim. Ao Flu só restou esperar o jogo terminar para confirmar a vitória.