Adriano Teixeira aprova atuação do Santa Cruz e descarta jogar a toalha: “Vamos lutar até o fim”

Técnico interino do tricolor comemorou empate com Internacional, pediu apoio da torcida para os cinco jogos restante da Série A e não garantiu que lutará enquanto houve chances de permanência

Adriano Teixeira aprova atuação do Santa Cruz e descarta jogar a toalha: “Vamos lutar até o fim”
Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz

O empate diante do Internacional na noite deste sábado (29) evitou o rebaixamento antecipado do Santa Cruz. A surpreendente postura Coral dentro de campo, com domínio das ações em alguns momentos, fizeram o técnico interino Adriano Teixeira descartar qualquer possibilidade de jogar a toalha antes da confirmação matemática do retorno Coral à Série B do Campeonato Brasileiro. Comemorando o resultado, o treinador destacou a necessidade de acreditar até o fim.

Em uma análise da partida, o técnico Adriano Teixeira reprovou apenas os primeiros minutos do tricolor pernambucano, que sofreu um gol logo no início em mais uma falha de marcação da defesa. O comandante defendeu a postura de optar por explorar os contra-ataques afirmando que sabia do desespero do Internacional para obter a vitória e evitar a aproximação da zona de rebaixamento.

“Tínhamos uma ideia de como o Internacional ia entrar em campo. Eles precisavam vencer de todo jeito para se afastar da zona de rebaixamento, então, nosso objetivo era entrar fechado para ganhar o jogo nos contra-ataques rápidos. Começamos o confronto perdido e sofremos o gol, mas depois conseguimos acordar e chegamos ao empate”, analisou o técnico interino Coral, que ainda aproveitou o momento para parabenizar seus atletas.

“Na situação que estamos, por todas dificuldades que passamos, só podemos parabenizar os atletas por esses resultados. Eles atuaram com dignidade e honraram a camisa. Isso deixa a gente motivado. Pela luta, pela entrega, só podemos parabenizar os jogadores”, continuou.

Adriano Teixeira pediu para que os torcedores do Santa Cruz apoiem o time nos últimos cinco jogos da competição nacional. Sendo assim, ele espera que o torcedor Coral vá ao jogo diante do América-MG, na próxima rodada, no Arruda, em Recife, Pernambuco. Além disso, ele avaliou que é preciso evoluir no setor defensivo para parar de sofrer gols bobos.

“Temos cinco jogos importantes, que precisamos do apoio de todos. O momento é de apoiar. Os jogadores, apesar dos resultados negativos e de todos os problemas extracampo, estão entrando em campo com vontade, com raça. Estamos lutando, muita gente não acredita, mas quem gosta do Santa Cruz vai para o jogo contra o América. Estávamos tomando gols bobos, igual levamos nessa partida. Precisamos ajustar isso nos treinamentos para melhorar nesses jogos restantes e por fim nesse jejum de vitórias”, pontuou.

Por fim, o treinador Coral demonstrou que ainda acredita em uma possível reviravolta do Santa Cruz na competição nacional. Sabendo que até a grande maioria da torcida já jogou a toalha, Adriano Teixeira aponta que outros resultados surpreendentes como o diante do Internacional podem acontecer em favor dos tricolores

“O futebol é gostoso por conta de resultados como esse que conseguimos contra o Internacional, surpreendendo. Nem sempre as coisas saem como queremos, mas trabalhando vamos conseguindo os objetivos. Muita gente acha que já acabou, mas enquanto tiver chances matemáticas vamos lutar. Não podemos jogar a toalha. É preciso lutar até o fim para honrar o nome do clube”, encerrou.