Em jogo fácil, Sharks vence o Edmonton Oilers
Jogando em casa, no SAP Center, o Sharks goleou o Oilers e saiu vitorioso por 5 a 1. Sem dificuldades, a partida contou com grande atuação de Joe Thornton, com duas assistências, e Joe Pavelski, com um gol e uma assistência. Com a derrota, o Edmonton Oilers segue na fraca temporada, que no momento rende a lanterna da conferência do pacífico.
 
O primeiro período começou agitado. O Sharks buscou o ataque desde o início com o forte poder ofensivo. Antes dos dois minutos, a equipe de San Jose já havia finalizado três vezes, com destaque para Bracken Kearns, que obrigou Dubnyk fazer defesas difíceis. O Oilers não ficou muito atrás e tentou ameaçar a meta de Niemi, mas sem muito efeito. Ainda na primeira etapa o marcador foi aberto. Após jogada de Joe Thornton e Joe Pavelski, que recentemente foi convocado para os Jogos Olímpicos de Inverno, o puck sobrou para Brent Bruns, que não desperdiçou e deu a vantagem aos tubarões. 1-0. Pouco tempo depois, em jogada individual, o destaque da equipe Patrick Marleau aumentou o placar. 
 
O jogo voltou melhor após o intervalo. Devan Dubnyk, goleiro do Oilers, salvou a equipe de levar gols no início do período, em finalizações de Matthew Irwin, Kearns e Justin Braun. Enquanto isso, a equipe de Edmonton não ameaçava a meta de Niemi. Não demorou para o placar aumentar. Em excelente jogada central de Desjardins e Sheppard, Kearns aumentou a vantagem do Sharks. 3-0. E um minuto mais tarde, aos 8, o placar mudou novamente: John McCarthy passou para Logan Couture que, de longe, mandou o puck para o fundo da rede, deixando 3-0 no escore. Apesar de pouco ameaçar, o Oilers conseguiu criar algumas esperanças na partida: aproveitando rebote de Niemi, Sam Gagner passou para Nail Yakupov diminuir o marcador e deixar 4 a 1.
 
O terceiro período foi pouco movimentado e com vários powerplays. Mesmo assim, o Sharks conseguiu marcar mais um e sair com a goleada. Joe Thornton iniciou a jogada com Matthew Irwin. Pavelski recebeu e com um slapshot de longe deu números finais a partida.
 
Agora com 41 jogos e 58 pontos, o Sharks continua na busca da liderança da conferência do pacífico. O Ducks, que tem um jogo a mais, ocupam a primeira colocação com 63 pontos. Enquanto o Edmonton Oilers, em péssima temporada, é o lanterna da conferência com 31 pontos em 43 partidas.
 
Com direito a tempo extra, Bruins bate Predators
 
A partida no TD Garden, em Boston, foi movimentada. No entanto, os dois primeiros períodos não refletiram a emoção da partida, onde apenas um gol foi marcado. Aos 18 minutos da segunda etapa, Viktor Stalberg aproveitou assistência de Mike Fisher para colocar a equipe de Nashville na frente. 
 
No terceiro período, tudo mudou. Logo aos quatro minutos, Johnny Boychuk, com wristshot, empatou o confronto. Pouco tempo depois, em chute a queima roupa, Jarome Iginla virou e colocou a equipe mandante na frente. E aos 14, Shea Weber empatou novamente, levando a partida ao overtime.
 
No tempo extra, não demorou muito para o Boston confirmar a vitória. Logo aos 54 segundos, Bergeron e Hamilton fizeram excelente jogada para Brad Marchand marcar o terceiro do Bruins e dar números finais a partida: 3-2. 
 
Com a vitória, o Bruins é o líder da Conferência Leste, com 56 pontos em 41 jogos. O Nashville Predators, no entanto, ocupa a lanterna da Conferência Oeste com 41 jogos e 41 pontos somados.
 
Resultados 
 
New York Islanders 3 - 2 Chicago Blackhawks
Washington Capitals 3 - 4 Carolina Hurricanes
Ottawa Senators 3 - 4 Winnipeg Jets
Minnesota Wild 4 - 1 Buffalo Sabres
St Louis Blues 5 - 0 Los Angeles Kings
Dallas Stars 4 - 6 Montreal Canadiens
Colorado Avalanche 2 - 1 Philadelphia Flyers
Phoenix Coyotes 0 - 2 Columbus Blue Jackets
VAVEL Logo