Em jogo emocionante, Kings vira e vence Rangers no primeiro jogo da final

Nessa quarta-feira (04), no primeiro jogo da grande final da Stanley Cup, o Los Angeles Kings, no Staples Center, derrotou o New York Rangers por 3 a 2. A franquia da Big Apple tomou a virada na prorrogação, com gol de Justin Williams, que marcou o seu oitavo gol nesta pós-temporada. O próximo jogo da série será realizado neste sábado (5), também no Staples Center.

Após um erro da defesa, aos 13 minutos da primeira etapa, Benoit Pouliot, dos Rangers, aproveitou e marcou o primeiro gol das finais da Stanley Cup. O canadense aproveitou um erro da defesa e marcou. O segundo gol do time nova-iorquino ocorreu após um segundo erro dos Kings. Bryan Boyle deu um passe em profundidade para Carl Hagelin, no contra-ataque, marcar um shorthanded gol. O sueco marcou o seu terceiro gol em cinco jogos.

O time mandante respondeu em seguida, com Kyle Clifford, que marcou o seu primeiro gol nos playoffs da Stanley Cup. Após vencer o duelo contra a defesa, Clifford tocou para Jeff Carter, que estava atrás do gol. Rapidamente, Carter devolveu para Clifford fazer o primeiro gol da franquia californiana.

Clifford comemora com Jeff Carter (Foto: Harry How/Getty Images)

No segundo período da partida, os Kings marcaram o gol de empate, com o canadense Drew Doughty. A jogada começou com Justin Williams, que girou e tocou para Doughty, que estava passando no outro lado. Após receber do outro canadense, o jogador de Ontario carregou o disco e arranjou um espaço para finalizar e empatar a partida em 2 a 2.

No terceiro período da partida, Toffoli desperdiçou uma grande chance de fazer 3 a 2. O atleta de Scarborough, Ontario, pegou o disco, após um contra-ataque puxado por Marian Gaborik, e carregou para tentar driblar o goalie Lundqvist, que fez uma grande defesa.

Faltando segundos para acabar o tempo normal, Jonathan Quick mostrou todo o seu talento e mostrou mais uma vez que é o melhor goalie americano da liga. Os Rangers puxaram um contra-ataque que poderia ser fatal, mas o americano fechou o gol e não permitiu que Hagelin marcasse o seu segundo gol na partida.

Após essa grande defesa de Jonathan Quick, os Kings aproveitaram que os Rangers estavam completamente abertos e organizaram um grande contra-ataque, que por muito pouco não saiu o gol. Kopitar passou para Jeff Carter, que deu a volta por trás do gol e tentou surpreender o goalie dos Rangers, que contou com a defesa para não tomar o gol.

O único gol da prorrogação foi do campeão da temporada retrasada, que contou com a esperteza de Pearson, Williams e Mike Richards. Após cometer o turneover, os Rangers ficaram desmontados na defesa e tomaram um gol de Justin Williams, que recebeu assistência de Mike Richards.

No vídeo abaixo, confira os melhores momentos da partida:

O gol que sacramentou a vitória dos Kings:

VAVEL Logo