Equipes da NFL aprovam, por unanimidade, simplificação da regra de recepção

Durante a Reunião Anual da Liga, nesta terça-feira (27), que conta com a presença dos donos e General Managers de todas as franquias da NFL, as equipes aprovaram, por unanimidade, modificações na regra de recepção para a temporada de 2018. A questão foi levantada no início da semana pelo vice-presidente sênior dos árbitros, Al Riveron, que anunciou recomendação ao Comitê de Competição para simplificar a linguagem da regra.

As novas regras que definem uma recepção incluem o controle da bola, os dois pés ou outra parte do corpo no gramado e no caso de uma situação específica, o chamado "football move", pressupõem um terceiro passo, a tentativa de alcançar/estender os braços para a linha de gol com o intuito de pontuar ou a capacidade de realizar tal ato.
A principal mudança eliminou o conceito "ir ao chão" da regra anterior.

A modificação não acabará com todas as polêmicas que envolvem a regra, nem anulará toda a confusão. No entanto, é um passo significativo no esclarecimento de uma polêmica que confundiu todos os envolvidos na NFL por anos. É esperado que, com a nova definição, um aumento considerável no número de fumbles aconteça. 

A unanimidade na votação significa que os proprietários estavam totalmente de acordo com a nova solução para a regra e esperavam da liga uma mudança. A NFL espera acabar com a frustração de fãs, treinadores e jogadores com o aparente resultado da jogada pelo fato da complexidade da regra anterior torná-la totalmente interpretativa.

Além disso, o comitê tornou permanente a regra em que as campanhas ofensivas comecem na linha de 25 jardas após um touchback e dá o poder para a central de replay em Nova York expulsar jogadores em casos de faltas pessoais.

VAVEL Logo