Visando melhorar o Bump Day, Indy cogita mudar formato da classificação das 500 milhas
Direção da categoria poderá fazer mudanças para dar mais emoção na classificação de sua principal corrida. (Foto: Divulgação/IMS)

O formato para a classificação das 500 milhas de Indianápolis pode sofrer alterações em 2014. As mudanças, caso elas de fato sejam efetuadas, devem ser anunciadas no fim do próximo mês e têm um objetivo: fazer o Bump Day voltar a ser interessante.

Tradicionalmente, o grid da Indy 500 é definido em dois dias no fim da semana anterior à corrida. No sábado, conhecido como Pole Day, são definidos os pilotos que largam nas oito primeiras filas - 24 primeiras posições. No domingo, os demais inscritos brigam pelas demais nove vagas restantes.

Acontece que, nos últimos dois anos, não houve disputa no Bump Day. Em 2012, quanto estrearam a atual geração de chassis da categoria, somente 32 carros se inscreveram - tanto é que Jean Alesi e Simona de Silvestro conseguiram se classificar para a corrida, mesmo com as fracos motores da Lotus, tão criticados na época.

LEIA MAIS: Segundo Vasser, KV poderá ter terceiro carro para a Indy 500

No ano passado, o número de inscritos superou o limite permitido: da lista de 34 carros, somente 33 poderiam largar. O veterano Michel Jourdain Jr., que fazia uma nova tentativa de correr a Indy 500 com a equipe RLL, enfrentou muitos problemas e não conseguiu acelerar no oval de duas milhas. Acabou que nove pilotos aferiram tempo e apenas ficaram observando o drama de Jourdain no restante do dia.

"Estamos pensando em como fazer que aqueles dois dias voltem a significar alguma coisa, fazer valer para os times compitam. No fim do dia, os fãs poderão ir embora pensado que viram algo", revelou o presidente de competição e operações da Indy, Derrick Walker, em entrevista coletiva nesta terça-feira (18).

O ex-chefe de equipe ressaltou, contudo, que isso será feito preservando a história da mais importante corrida de monopostos dos Estados Unidos. "É tentar criar atrativos em quem vive a experiência de ir a Indianápolis em maio sem tirar nada da história ou da classificação", completou.

Nos últimos meses, muito se discutiu a respeito de preservar as tradições de Indianápolis. A Indy decidiu criar uma segunda corrida no circuito, no início de maio, utilizando o traçado misto e correndo no sentindo horário. Muitos receberam com entusiasmo a nova ideia, contudo, alguns mais saudosistas criticaram a decisão. O novo GP de Indianápolis foi marcado para um sábado, 10 de maio. No dia seguinte terão início os treinos livres para a Indy 500, que será realizada no dia 25 do mesmo mês.

VAVEL Logo