Power lamenta quarto drive-through na temporada: “Não é nada bom”
Will Power deu de bandeja a vitória para Carpenter (Foto: IndyCar)

No Texas, Will Power foi o piloto que mais liderou voltas, foram 151 das 248. Porém, o piloto da Penske entregou a vitória a Ed Carpenter por passar a velocidade nos pits. Com o drive-through nas costas, parecia fadado a ficar em sexto, mas uma bandeira amarela no fim o colocou em chances novamente.

No fim, Power teve a oportunidade de trocar pneus e subir para segundo. "Que chamada incrível da equipe", elogiou o piloto. "Pensei que tivesse feito alguma outra besteira e tomado um outro drive-through", admitiu.

Aliás, é uma coisa tão recorrente nas últimas corridas que é normal Power pensar assim. "Já são quatro em cinco corridas, e isso não é nada bom", comentou, para então alfinetar críticos e colegas de trabalho. "Quem fala que eu não tomo punição é louco."

Power lidera o campeonato com 370 pontos, 39 a mais que o companheiro de equipe, o brasileiro Helio Castroneves.

Satisfeito com sexto lugar, Kanaan vê evolução na Ganassi

O sexto lugar na etapa do Texas no último sábado (7), ficou de bom tamanho para Tony Kanaan. Ciente das dificuldades que a Ganassi tem enfrentado neste ano, o brasileiro alegrou-se com a melhora vista neste fim de semana, em que liderou dois treinos livres e aparentou ter um carro competitivo quando os pneus permitiam.

"Nós tínhamos um bom carro, acho, e pudemos brigar pela liderança desde o começo. Estávamos fortes, mas não o bastante para a equipe", admitiu o piloto do carro #10. "Tivemos de trocar o volante perto do fim da prova, mas consegui recuperar o tempo perdido. A corrida foi empolgante, e estamos definitivamente melhorando", completou.

Tony entrou na zona do top-10 do campeonato com 189 pontos, ainda muito longe do líder Will Power, que tem 370. Power foi segundo na prova, atrás de Ed Carpenter.

VAVEL Logo