Novak Djokovic supera as dores e vence Gilles Simon em Wimbledon
Djokovic enfrenta Tsonga na próxima fase (Foto: Reprodução/Reuters)

Depois de um jogo duro contra Radek Stepanek, o número 2 do mundo, Novak Djokovic, superou as dores no ombro esquerdo e derrotou o francês Gilles Simon por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/4, pela terceira rodada de Wimbledon. O próximo confronto do sérvio será contra Jo-Wilfried Tsonga, que derrotou Jimmy Wang por 3 sets a 0, com parciais de 2/6, 2/6 e 5/7.

O primeiro set da partida foi bem equilibrado. No sexto game, depois de algumas trocas de vantagens, o sérvio conseguiu quebrar o saque do francês e abriu 4/2. Não demorou muito para Simon quebrar o saque do adversário e empatar o set em 4/4. O campeão de 2011 conseguiu a vantagem em 5/4 e depois quebrou o serviço do francês e fechou o set em 6/4

Após perder o primeiro set, Simon perdeu a confiança e deixou com que Nole levasse o set com muita tranquilidade. O sérvio largou com muita tranquilidade e conseguiu quebrar o saque do rival para conseguir 3/1 no set. O número 44 do mundo demonstrou que ia reagir quando quebrou o saque de Nole e diminuiu em 3/2. Porém, o campeão de seis Grand Slams segurou a reação do rival e devolveu a quebra. Djokovic se impôs e de zero, confirmou o serviço em 5/2. Cometendo dupla falta, Simon, mais uma vez, permitiu que Nole quebrasse seu saque.

Na terceira etapa do jogo, Simon começou muito bem e abriu 2/0 no sérvio, mas acabou permitindo uma reação do número 2 do mundo e deixou com que o sérvio virasse a partida em 3/2. Djokovic, após tentar defender uma bola no contrapé, escorregou e caiu de mal jeito. O tenista de Belgrado rolou na grama sentindo fortes dores no ombro esquerdo e interrompeu a partida para receber atendimento de um fisioterapeuta. Após três minutos protocolares, Nole levantou e voltou à quadra. Ovacionado pelo público, Novak Djokovic acalmou o preocupado treinador Boris Becker, campeão de 6 Grand Slams.

O jogo seguiu bastante disputado e Gilles Simon conseguiu confirmar o serviço e empatar o set em 3/3. O jogo continuou sendo bastante disputado, até Djokovic confirmar o seu serviço e fazer 5/4 e depois quebrar o saque do número 44 do ranking da ATP e fechar em 6/4.

Com mais uma derrota, o francês se mostrou um verdadeiro freguês para o vice-líder do ranking da ATP. De oito jogos, Simon só conseguiu vencer uma partida, que foi a primeira entre os dois tenistas, há cinco anos atrás.

Confira os outros resultados desta sexta-feira:

Andy Murray (GBR) 3x0 Roberto Bautista Agut (ESP) 6/2, 6/3 e 6/2
Grigor Dimitrov (BUL) 3x2 Alexandr Dolgopolov (UCR) 6/7 (7/3), 6/4, 2/6, 6/4 e 6/1
Kevin Anderson (RSA) 3x1 Fabio Fognini (ITA) 4/6, 6/4, 2/6, 6/2 e 6/1
Jeremy Chardy (FRA) 3x1 Sergiy Stakhovsky (UCR) 6/3, 6/7 (7/4), 6/3 e 6/0
Leonardo Mayer (ARG) 3x0 Andrey Kuznetsov (RUS) 6/4, 7/6 (7/1) e 6/3

VAVEL Logo