Novak Djokovic derrota Jo-Wilfried Tsonga e avanças às quartas de final de Wimbledon
Djokovic busca o bicampeonato de Wimbledon (Foto: Divulgação/Wimbledon)

Nas oitavas de final de Wimbledon, o número 2 do mundo, Novak Djokovic, derrotou o freguês Jo-Wilfriend Tsonga por 3 sets a 0, com parciais 6/3, 6/4 e 7/6 (7/5). O sérvio vai enfrentar o croata Marin Cilic, que derrotou Jeromy Chardy por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (10/8), 6/4 e 6/4.

No início do primeiro set da partida, ambos os tenistas sacaram bem e confirmaram seus serviços. Porém, no quinto game da partida, o francês cometeu um erro e permitiu que Djokovic quebrasse o saque e abrisse 4 a 2 no set. No game seguinte, o 17º do ranking da ATP levou o game até 30/30, mas a falta de confiança beneficiou Djokovic, que confirmou o serviço. No final, o ex-número 1 do mundo só administrou e levou o primeiro set.

Tsonga não se abalou com a perda do primeiro set e equilibrou o início da segunda etapa. Com a partida empatada em 3/3, Tsonga acabou errando duas vezes e viu o rival quebrar o seu serviço e sair na frente. Com uma vantagem no placar, Djokovic não teve problemas para confirmar o seu serviço e disparar na frente do rival. Em seguida, o campeão de 2011 teve três chances para quebrar o saque e fechar o segundo set, mas o adversário acabou salvando todas as bolas de Djokovic e confirmou o seu serviço. No entanto, o 17º do ranking da ATP não resistiu o game seguinte e o sérvio confirmou o saque dele.

O francês sofreu com os seus erros (Foto: Reuters)

O ex-número 1 do mundo quase teve a oportunidade de repetir o que ele fez nos dois sets anteriores. Com duas chances de quebrar o saque, Djokovic viu o rival salvar duas quebras com saques sensacionais. No oitavo game da terceira etapa, Jo-Wilfried Tsonga teve a oportunidade de quebrar o saque do número 2 do mundo pela primeira vez, mas acabou desperdiçando, já que Djokovic salvou uma quebra com um ace e depois forçou o erro de Tsonga. O terceiro set continuou bem disputado e foi parar no tie break.

No desempate, a partida continuou sendo bastante disputada e com ótimos saques dos dois tenistas. Os dois tenistas acertaram vários aces e foram confirmando seus pontos. A partida só acabou quando o número 2 do mundo estava com 6/5 de vantagem e se defendeu de um forte saque do francês.

Partidas entre Tsonga e Nole são bem comuns no circuito da ATP. Ambos já se enfrentaram 18 vezes, com 13 vitórias do ex-número 1 do mundo e cinco do francês. A última vez que Tsonga derrotou Djokovic foi em 2011, por W.O, no Masters 1000 de Parris.

Confira os outros resultados desta segunda-feira (30):

Oitavas de final:

Andy Murray (GBR) 3 x 0 Kevin Anderson (AFS) - 6/4, 6/3 e 7/6(6)
Grigor Dimitrov (BUL) 3 x 0 Leonardo Mayer (ARG) 6/4, 7/6(6) e 6/2

3ª rodada:

Stanislas Wawrinka (SUI) 3 x 0 Denis Istomin (UZB) - 6/3, 6/3 e 6/4
Feliciano Lopez (ESP) 3 x 1 John Isner (EUA) - 6/7(8), 7/6(6), 7/6(3) e 7/5

VAVEL Logo