ATP Finals 2015: Kei Nishikori, o último classificado tentará bater os melhores
ATP Finals 2015: Kei Nishikori, o único asiático entre os melhores.

O melhor tenista japonês da história vem embalado em 2015, e ainda entre os 10 melhores do ranking mundial da ATP. Kei Nishikori terá novamente a chance de bater os melhores tenistas do mundo na busca por um título inédito para ele.

O japonês é treinado por Dante Bottini e também o ex-número 2 do mundo, Michael Chang. Desde que esta parceria foi feita, os resultados de Kei passaram a subir cada vez, levando ele entrar no Hall dos melhores tenistas da atualidade, e ser o melhor japonês na história do esporte. Entrou no TOP 10 da ATP, alcançou a 4º posição neste ranking em Março deste ano, além de ser o 1º asiático finalista de um Grand Slam, no US Open do ano passado, quando perdeu para o croata Marin Cilic em sets diretos. No total, possui 10 títulos da ATP em sua carreira, e ainda foi finalista em outros 5 torneios, contando o US Open.

O japonês disputou 18 torneio ATP e mais 2 participações na Copa Davis pelo time de seu país. Começou o ano em Brisbane, na Austrália, torneio ATP 250 que prepara o atleta para o Grand Slam Australia Open, torneio seguinte ao Brisbane, onde ele chegou até as quartas, sendo eliminado pelo suíço Stan Wawrinka.

Ainda em quadra dura, Kei foi aos Estados Unidos para disputar o ATP 250 de Menphis, onde foi campeão em cima do sulafricano Kevin Anderson. Ainda no continente americano, desceu um pouco e em Acapulco, no México, outra final em piso duro, porém acabou sendo derrotado no ATP 500 da cidade pelo espanhol David Ferrer.

Nos Masters americanos (Indian Wells e Miami) ele chegou nas oitavas e quartas, respectivamente. Mas foi no saibro de Barcelona, no ATP 500 da cidade, que ele reencontrou a final, e também mais um título, sobre o tenista da casa Pablo Andujar. Esta boa performance o fez ser semifinalista no Masters 1000 de Madrid, parando apenas em Andy Murray. Tal resultado não se repetiu no Masters seguinte, em Roma, onde Novak Djokovic deu cabo do japonês ainda nas quartas.

Em Roland Garros, o francês Jo-Wilfried Tsonga foi o responsável por eliminar Kei nas quartas do torneio. Lembrando que foi o japonês quem eliminou o brasileiro Thomaz Bellucci na 2ºrodada em Paris.

No ATP 500 de Halle, na grama alemã, o 1º susto da temporada quando na semifinal, quando estava 4/1 para o italiano Andreas Seppi, o asiático abandonou a partida com dores. O problema que o acometia não o deixou ir bem em Wimbledon e mesmo passando da 1º fase do tradicional Grand Slam, na 2º rodada anunciou o WO, ficando fora das quadras até agosto.

A parada foi muito boa para Kei, que chegou novamente nos Estados Unidos para disputar o ATP 500 de Wasington, e vencer o torneio sobre o tenista local John Isner. Novamente em um Masters 1000, desta vez no Canadá, e novamente Andy Murray pelo caminho e outra eliminação, desta vez na semi.

Grande expectativa para estreia de Nishikori no último Grand Slam do ano, o US Open, o qual ele foi finalista ano passado. Em partida ruim dele, não passou desta estreia contra o ótimo francês Benoit Paire, em 3 sets a 2. O francês voltaria a ser algoz do japonês e desta vez na casa dele, no ATP 500 de Tóquio, e na semifinal.

Os 2 últimos Masters da temporada (Shanghai e Paris) as oitavas foram o máximo que ele conseguiu nos 2 torneios.

Nishikori disputará pela 2ºvez na sua carreira o torneio final da ATP. Ano passado foi sua estreia, e foi muito bem no torneio, seguindo o que era a sua boa fase pós US Open, onde foi finalista. Chegou até a semifinal, onde foi batido pelo número 1 do mundo então (e que ainda mantém este posto), o sérvio Novak Djokovic. Chegou a perder a partida contra o então número 2, o suíço Roger Federer, na fase de grupos, porém nesta mesma fase ganhou de Andy Murray e David Ferrer, conquistando esta vaga na semi.

Desta vez, o japonês terá maiores dificuldades, já que não vem de bons resultados nos últimos jogos em piso rápido desde o US Open. Tenista de rápida adaptação, consegue jogar bem em praticamente todos os pisos, e mostra uma versatilidade grande contra adversários diferentes dentro de um mesmo torneio.

Ficha Técnica

Nome: Kei Shimane Nishikori

Naturalidade: Shimane, Japão

Idade: 25 anos

Altura: 1.80m

Peso: 75kg

Características: destro com backhand de duas mãos.

Títulos: 10 

Premiações: $10,735,625

VAVEL Logo