Makarova supera adversidades e Cibulkova no Australian Open
Foto: Ben Solomon / Tennis Australia

Makarova supera adversidades e Cibulkova no Australian Open

Cabeça de chave 30 e atual 34º do ranking de simples da WTA, a russa teve vida fácil no começo da partida contra a 6º colocada Dominika Cibulkova. A partir de meados do 2º set, a história da facilidade foi outra, completamente diferente

joaoluizjor
João Luiz da Silva

A programação do Australian Open 2017 em seu 6º dia de jogos teve uma ótima partida da chave feminina de simples na Rod Laver Arena, abrindo a programação geral do torneio. A cabeça de chave 6 do torneio Dominika Cibulkova, da Eslováquia, teve pela frente a grande russa e cabeça 30 da chave Ekaterina Makarova. Um duelo acima de tudo de estilos e valendo uma vaga nas Oitavas de Final.

Com muito custo e um total de 2h53 de jogo, Makarova saiu vitoriosa marcando 2 sets a 1 e eliminando a 6º colocada do ranking mundial.

O 1º set viu uma Cibulkova mais errática e não aguentando muito as bolas mais pesadas de Makarova, que com 2 quebras de vantagem, chegou rápida no 6/2, sem dar chances para a adversária e abusando de paralelas. Um set sem complicassões para a russa, que teve também as defesas e corridas de Dominika meio “descalibradas” por justamente o bom jogo que aplicou.

O 2º set caminhava muito bem com 4/0 de Makarova e um cenário de vitória senão com pneu, com talvez 1 ou 2 games perdidos antes de selar sua passagem às oitavas. Foi ai então, que aos trancos e barrancis, a tenista eslovaca consegiu voltar para sua melhor forma defensiva e ver seus contra ataques funcionarem como reloginhos, sempre onde precisava, profundos e beliscando generosos pedaços de linha na quadra. Como resultado disso, longos ralis e virada espetacular até o Tie Break vencido por Dominika por 7-3, ao melhor estilo da eslovaca: vibrante, com muita correria e bolas cada vez mais anguladas.

O 3º set enfim mostrou um equilibrio entre as jogadoras, mas também uma tensão maior devido a este equilibrio, ambas conseguiram 1 quebra de serviço de cada lado até chegarem no 3/3, quando Makarova iniciou seu melhor jogo e Cibulkova teve uma queda em seu tênis em relação ao que estava apresentando. A russa ainda precisou superar um tombo ao devolver um backhand, quase torcendo o joelho e batendo seu cotovelo direito no chão. Isso ainda não a fez ter problemas, e aproveiou bem as chances que teve no saque de Dominika, conseguindo 1 quebra de vantageme assim vencendo o set por 6/3 e fechando a partida.

A sua adversária nas Oitavas será conhecida na partida entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a britânica Johanna Konta.

VAVEL Logo