Ostapenko vence dois tie breaks contra Svitolina e garante vaga nas semifinais em Miami

Em confronto equilibrado e com estratégias bem diferentes, a cabeça de chave #6, Jelena Ostapenko, bateu a #4 Elina Svitolina e avançou para as semifinais do WTA Premier de Miami. Em 1h50, a letã venceu os dois tie breaks da partida, fechando em duplo 7/6 e garantiu-se nas semifinais.

Svitolina, mesmo sofrendo com dores estomacais, conseguiu equilibrar a partida, mas não resistiu nos tie breaks e perdeu a chance de avançar. Ostapenko enfrentará a vencedora do confronto entre as americanas #8 Venus Williams e Danielle Collins por uma vaga para a final em Miami.

Ostapenko sempre pareceu no comando do primeiro set, que teve muitas quebras de saque, mas teve dificuldades no fim para fechar a parcial. Os três primeiros games foram de quebras de saque, até que a letã conseguiu ser mais firme no quarto, vencer de zero e abrir 3/1. Svitolina confirmou na sequência e, com mais firmeza nos golpes, empatou o jogo quebrando o saque da rival no sexto game, mas, na sequência, a letã conseguiu pressionar novamente o segundo serviço da rival e fez 4/3.

Apesar de errar mais - 22 a 5 em erros não-forçados -, Ostapenko teve muito mais winners - 23 a 4 -, e dificultou a troca de golpes da ucraniana. Porém, após abrir 5/4 e sacar para o set, a letã foi mal e perdeu seu serviço de zero, vendo Svitolina virar a parcial na sequência, mas aí confirmou o serviço no 12º game, para fazer 6/6 e levar para o tie-break. Aí, a atual campeã de Roland Garros voltou a encaixar as bolas vencedoras de forehand e Svitolina não resistiu a potência dos golpes, perdendo por 7-3 e o set em 7/6, após 52 minutos.

O segundo set começou com uma quebra imediata de Svitolina, em outro set com muitas perdas de serviço. As duas tenistas confirmaram o saque até o sexto game, quando a ucraniana conseguiu salvar break point, mas Ostapenko prevaleceu para fazer 3/3. Na sequência, Svitolina quebrou outra vez, porém perdeu o serviço novamente, e a partida ficou novamente empatada: 4/4.

O panorama da partida permaneceu o mesmo, com Ostapenko com muito mais winners - 44 a 15 no total -, e 42 a 9 em erros não-forçados. Após mais dois saques confirmados, Svitolina, mesmo sofrendo com dores no estômago, aproveitou os erros da adversária para fazer 6/5 e sacou para o set, mas a letã respondeu com forte devoluções nos segundos serviços e levou o jogo para um novo tie break. Aí, novamente Ostapenko conseguiu encaixar winners, e abriu 6-2. Perdeu os três primeiros match points, e viu Elina fazer 5-6, mas jogou bem o seu quarto mp e fechou o set em 7/6, após 58 minutos, e avançou para as semis do Miami Open.

VAVEL Logo