Nishikori supera Medvedev, quebra
jejum e é campeão em Brisbane
Foto: Divulgação/Brisbane Tennis

Nishikori supera Medvedev, quebra jejum e é campeão em Brisbane

Tenista japonês não vencia um torneio desde fevereiro de 2016 e havia perdido as últimas nove finais que participou

ma__lin
Marcela Linhares

Kei Nishikori, número nove do ranking, venceu o russo #16 Daniil Medvedev com parciais de 6/4, 3/6 e 6/2 para se consagrar campeão do ATP 250 de Brisbane, em 2h06, e levantar o 12º título da carreira. Com isso, quebrou um jejum de nove finais consecutivas, em torneios de nível ATP, sem conseguir vencer - a última delas havia sido justamente contra Medvedev, em Tóquio. Seu último título foi conquistado em fevereiro em Memphis na temporada de 2016.

O tenista japonês chegou à final sem perder sets no torneio, enquanto Medvedev chegou embalado para a decisão após vencer Andy Murray, Milos Raonic e Jo-Wilfried Tsonga – todos estes já fizeram parte do top cinco durante a carreira.

Vencer o torneio é muito emocionante. É por isso que estou jogando”, comentou Nishikori. “Eu estava tentando em toda final, em todo torneio... eu joguei uma ótima partida contra Dimitrov e a partida de hoje foi uma outra boa partida de tênis. Eu tenho certeza de que Daniil estará no top 10 em breve”, acrescentou o número nove do ranking. Medvedev já foi campeão de três torneios – todos estes conquistados na temporada passada. O russo foi campeão de todos torneios que chegou à última rodada no ano passado.

Medvedev saiu na frente no placar após confirmar seu saque e conseguir quebrar o game de serviço de seu adversário. Apesar da primeira parcial ter ficado 3/0 a favor do russo, Nishikori não se deixou levar pela desvantagem e, com um jogo mais agressivo, virou o placar para 4/3. Com cada tenista confirmando seu serviço, o japonês venceu a primeira série por 6/4.

No segundo set, Medvedev foi muito firme conseguindo salvar todas as oito oportunidades de quebra em seu serviço. Uma única quebra no oitavo game foi suficiente para a partida ficar empatada em um a um quando o russo venceu a segunda parcial por 6/3.

A última série contou com Nishikori mais consistente abrindo 5/1 após conseguir quebrar seu adversário por duas vezes. Apesar de ter tido seu serviço quebrado no momento em que sacou para o título, o tenista japonês mais uma vez quebrou seu adversário para se consagrar campeão do torneio. Com este resultado, Nishikori passa a ter repertório de 12 vitórias e 14 derrotas em finais de torneio.

VAVEL Logo