Brady amplia fase ruim de Garcia e avança à segunda rodada em Hua Hin

Brady amplia fase ruim de Garcia e avança à segunda rodada em Hua Hin

Qualifier americana conseguiu segunda vitória contra tenista top 20 da carreira, avançando em sets diretos, parciais de 6/4 e 7/6(3)

_acechard
Pedro Dayrell

A qualifier norte-americana #117 Jennifer Brady conquistou a sua segunda vitória sobre uma top 20 da sua carreira. Diante da francesa #19 Caroline Garcia, cabeça de chave dois do torneio e que vem em fase ruim, Brady venceu por dois sets a zero, parciais de 6/4 e 7/6(3), na abertura do WTA de Hua Hin, na manhã desta terça-feira (29). Garcia havia vencido os dois confrontos anteriores, mas agora caiu após 2h04 de jogo.

"Estou muito feliz com o meu desempenho", disse Brady, durante sua entrevista depois da partida. "Ela conseguiu logo o break no início dos dois sets, mas eu estava focada no que queria fazer, focada no meu plano de jogo e estou muito feliz".

"Não importa a pontuação, eu continuei me comprometendo com o meu jogo e acreditando em mim mesmo, apenas indo para as minhas jogadas", acrescentou Brady. "Eu acho que em outros tempos, ela foi capaz de ditar e acertar golpes muito mais ofensivos e agressivos, e eu sinto que fiz um ótimo trabalho em ficar mais atenta com isso dessa vez".

A contundente americana teve um número igual de winners e erros não-forçados na partida, sendo 26 de cada, enquanto os 23 winners de Garcia foram superados por seus 31 erros não-forçados. Brady foi particularmente precisa em seu primeiro saque na partida, ganhando 80% desses pontos.

Garcia, ex-número quatro do mundo, abriu o jogo com uma suada quebra de serviço, levando o primeiro jogo em sua quarta chance de quebra, depois de Brady ter falhado duas vezes. A francesa enfrentou um break point no jogo seguinte, mas bateu dois aces seguidos a caminho de uma vantagem de 2/0.

Depois disso, no entanto, Brady começou a assumir o comando, mais impressionantemente com seus forehands pesados. A americana venceu dois games consecutivos, empatando a partida em 2/2 depois de quatro break points. Então, no 5/4, Garcia deixou escapar a vantagem de 40-0 no seu saque, eventualmente atingindo quatro duplas faltas no game, incluindo o set point, permitindo que a rival quebrasse para conquistar o set de abertura.

As jogadoras tiveram 12 break points combinados no segundo set, e cada uma delas quebrou duas vezes o saque de sua oponente ao progredir para um tiebreak. Brady garantiu o mini break em 2-1 quando o seu forehand forçou um erro de Garcia no final de um rally esgotante. A francesa jogou bem no resto do tiebreak, mas foi incapaz de ganhar mais um ponto no saque da estadunidense, que garantiu a vitória.

Este foi o quarto torneio de Garcia em 2019, e a terceira derrota em estreias. O único torneio que a francesa superou o jogo inicial foi no Australian Open, quando caiu na terceira rodada para Danielle Collins.

Na próxima rodada do Toyota Thailand Open​​​​​​​, Brady vai enfrentar a #74 Tamara Zidansek, que contou com desistência da #65 Timea Babos durante o segundo set da partida inicial do torneio.

VAVEL Logo