Em Praga, Teichmann vence Muchova e conquista primeiro título WTA na carreira
Foto: Divulgação/J&T Banka Prague Open

Em Praga, Teichmann vence Muchova e conquista primeiro título WTA na carreira

Suíça precisou vencer oito partidas para triunfar no torneio tcheco, iniciando a jornada no qualifying

henrique
Gabriel Matos

Em uma das partidas mais longas do circuito feminino em 2019, Jil Teichmann, de 21 anos e #146 no ranking mundial, venceu seu primeiro torneio WTA numa batalha contra a tenista da casa Karolina Muchova, #106 do mundo, em três sets, com parciais de 7/6(5), 3/6 e 6/4 em 2h44 de embate no WTA International de Praga, realizado na República Tcheca. 

Teichmann torna-se assim a vigésima campeã de um torneio profissional na temporada em vinte e um eventos e a primeira qualifier a vencer Praga em toda a sua história. Ao longo da chave, a suíça bateu recordes pessoais, vencendo a primeira top 40 na vida (#39 Barbora Strycova nas semis), debutando nas quartas de um WTA, além de ter passado da primeira rodada de um WTA pela primeira vez em 2019.

"Não tenho sequer o que dizer", disse Teichmann em entrevista logo após a partida. "Só lutei e continuei lutando. Foi uma batalha incrível e só estou aliviada por ter acabado. Estou exausta, mas a Karolina fez uma ótima partida também. Eu já sabia que seria uma partida dura, mas no fim, alguém precisa vencer", concluiu a campeã, que entrará no top 100 pela primeira vez na carreira.

A canhota tornou-se a tenista com o ranking mais baixo a vencer um título no circuito em uma partida com muitas quebras de serviço, apesar do bom saque de Muchova, que fez seis aces e uma dupla falta contra nenhum ace de Teichmann. Cada uma teve seis quebras ao fim da partida, com 13 chances para a suíça e dez para a tcheca. O jogo foi equilibrado do início ao fim, sendo decidido nos detalhes na maioria dos games.

Contudo, no set final, a tenista da casa não aproveitou as duas vezes em que teve quebra a frente, vendo suas lideranças de 2/0 e *3/2 desmancharem-se e, quando sacava em 5/4, ainda esteve a frente em seu serviço, mas fora quebrada mais uma vez, ficando com o vice-campeonato.

As duas jogadoras só voltarão a disputar um torneio de nível WTA em Roland Garros, na França, o qual ocorre na última semana de maio. Este será o segundo Grand Slam do ano.

VAVEL Logo