Muguruza deslancha no final da partida e vence Martincová em Moscou
Foto: Divulgação / WTA

Foi muito mais equilibrado do que se previa, mas, no final, a #5 Garbiñe Muguruza venceu a #51 Tereza Martincova, nesta quarta-feira (20), em jogo válido pelas oitavas de final do WTA 500 de Moscou. Esta foi a estreia da espanhola no torneio, já que ela estava de folga na rodada de estreia por ser cabeça de chave 2.

Os dois primeiros sets tiveram parcial de 6/4 - o primeiro a favor da espanhola, o segundo a favor da tcheca. No decisivo, 6/3 para a segunda cabeça de chave do torneio.

Com dificuldades

No quarto game da partida, a espanhola foi rejeitada. Garbiñe Muguruza foi se recuperar apenas no sétimo, quando rejeitou a tcheca no terceiro break point, após 12 pontos. No nono game, Martincova voltou a ser recusada, abrindo espaço para a vitória da melhor ranqueada por 6/4.

O segundo set teve momentos bastante longos. No terceiro, Tereza Martincova recusou quatro break points e confirmou o saque após 12 pontos; no quarto, foram 14 até que Muguruza confirmasse o serviço ao recusar um break point.

Nos quinto e sexto games, uma quebra para cada lado - e, a partir do oitavo, todos os momentos tiveram rejeições e foram longos: no oitavo; oito pontos e apenas o terceiro break point foi aproveitando; no nono, foram dois set points refutados e o segundo break point decidiu o período; e, no décimo, após dez pontos, o quarto set (e break) point foi o responsável por acabar com a parcial de 6/4 a favor da tcheca.

Foram mais duas quebras de serviço nos dois primeiros games do terceiro set - no primeiro deles, foram dez saques de Martincova.  A partir do quinto game, a tcheca passou a ter dificuldades para sacar: no citado, ela foi rejeitada; no sétimo, foram 12 pontos e um break point até que ele confirmasse o serviço; e, no nono, Muguruza aproveitou o terceiro match (e break) point para vencer a partida por 6/3.

O que vem por aí

Nas quartas de final do Kremlin Cup, Muguruza enfrentará a vencedora do confronto entre a estoniana #20 Anett Kontaveit e a alemã #79 Andrea Petkovic.

VAVEL Logo