Medvedev sofre no início, mas derrota Korda no Masters 1000 de Paris
Foto: Divulgação/ ATP Tour

As oitavas do Masters 1000 de Paris colocou frente a frente o #39 Sebastian Korda e o atual campeã, #2 Daniil Medvedev, em confronto inédito no circuito. Nesta quinta-feira (5), melhor para o número 2 do ranking da ATP, que de virada, bateu o norte-americano por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/1 e 3/6. Em dez jogos, essa foi a décima vitória de Medvedev diante de tenistas estadunidenses na temporada.

No primeiro set, Medvedev perdeu três oportunidades de conquistar a primeira quebra do jogo no quinto game do primeiro set, quando abriu 0-40 no saque de Korda, mas, sem efetividade na conclusão, o russo cedeu a reação do americano, que se recompôs no game e no set.

A quebra decisiva de Korda veio apenas no último serviço de Medvedev, abrindo 6/5 no placar. O estadunidense teve a oportunidade de sacar para a vitória do set e não desperdiçou, fechando em 6/4.

Na retomada da partida, Medvedev voltou mais ligado. Com pontos rápidos e ótimo aproveitamento no serviço, abriu 3/0 em pouco tempo; Korda ainda conseguiu conquistar seu único game na sequência, mas, o set era mesmo do número 2 do mundo, que, sem sofrer break points e com 93% de aproveitamento no primeiro serviço, encaminhou outros três games consecutivos para fechar em 6/1, com apenas 26 minutos. 

O terceiro e decisivo set teve início com um Medvedev menos intenso e um Korda mais errático e nervoso. O russo teve a chance de sair na frente logo no terceiro game, com um break point que foi desperdiçado.

As quebras só vieram no quinto e sétimo games, o que o deixou com um pé nas quartas de finais após abrir 5/2 e ter o saque em mãos. O americano até tentou uma reação, devolveu uma das quebras no game seguinte, mas quando sacou para diminuir a vantagem para 4/5, viu Medvedev conquistar uma nova quebra e garantir a vitória por 6/3.

"Foi um pouco de sorte, um pouco de habilidade e um pouco de magia. Foi um primeiro set difícil, onde senti que tinha a margem, mas não consegui quebrar de 0-40 com 3/2 e ele se virou contra mim, mas fiquei muito feliz por ter ficado calmo e mantido meu nível e isso foi o suficiente para vencer hoje ”, disse Medvedev. 

O que vem por aí

O atual campeão do US Open segue seu caminho em busca do bi do Rolex Paris Masters. Seu próximo rival será a sensação do torneio, o dono da casa #103 Hugo Gaston, que ira debutar no top 100 ao fim da competição. O jovem francês de 21 anos que já passou pelo compatriota #62 Arthur Rinderknech e pelos espanhóis #17 Carreño Busta e #35 Carlos Alcaraz.

VAVEL Logo