Zverev desbanca Djokovic e volta à decisão do ATP Finals após três anos
Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Pela segunda vez no ano, o #3 Alexander Zverev derrubou o #1 Novak Djokovic em uma semifinal. Após a grande vitória contra o sérvio em Tokyo 2020, o atual campeão olímpico venceu mais uma vez neste sábado (20) e vai à decisão do ATP Finals pela segunda vez na carreira.

Zverev eliminou o pentacampeão Djokovic em partida de três sets, parciais de 7/6(4), 4/6 e 6/3, em 2h29. No total, este foi o 11º confronto entre os dois, e a quarta vitória do alemão.

Alemão prevalece

A primeira parcial não teve nenhuma quebra de saque, mas Djokovic chegou a ter um set point no serviço de Zverev no décimo game que foi salvo. Na sequência, o sérvio salvou dois break points no seu serviço, e conseguiu encaminhar para o tiebreak. O número 1 do mundo perdeu dois pontos sacando praticamente em sequência no game desempate, o que foi decisivo para o rival levar com 7/6(4), em pouco mais de uma hora.

O segundo set seguiu sem break points até o nono game, quando Djokovic conseguiu a primeira quebra da partida. Zverev mesmo assim batalhou e chegou a salvar quatro set points na sequência, mas o sérvio finalmente fechou em 6/4.

Mesmo após a derrota doída no segundo set, Zverev voltou focado. Ele só perdeu sete pontos no serviço na parcial final e explorou o segundo saque de Djokovic - venceu 4/5 pontos nesta situação. Isto acabou sendo o diferencial para o alemão conseguiu a primeira quebra no saque do rival no quarto game e fechar a série em 6/3, após 39 minutos.

O que vem por aí

Na decisão em Turim, Zverev, campeão de 2018, encara o #2 Daniil Medvedev, que venceu o título no ano passado. O russo bateu nas semis o #8 Casper Ruud.

Os dois já se enfrentaram neste torneio, na segunda rodada, e Medvedev venceu em três sets. No geral, foram 11 confrontos entre os dois no circuito da ATP, com seis vitória do russo.

VAVEL Logo