Ao lado de Danilina, Bia Haddad conquista título do WTA 500 de Sydney
Foto: Divulgação/WTA

Em sua terceira final de duplas na carreira, o maior título da brasileira Beatriz Haddad Maia veio na madrugada deste sábado (15). Ela e a cazaque Anna Danilina bateram a alemã Vivian Heisen e a húngara Panna Udvardy na surpreendente decisão do WTA 500 de Sydney, na Austrália. As duas parcerias foram formadas pela primeira vez para esse torneio.

Vitória de virada

Danilina/Haddad Maia venceram de virada, parciais de 4/6, 7/5 e 10-8, em 1h37. A dupla saiu na frente com uma quebra no terceiro game, mas a brasileira teve problemas no saque e foi quebrada duas vezes seguidas, com Heisen/Udvardy virando para 6/4.

Na segunda parcial, outra vez Danilina/Haddad Maia conseguiram uma vantagem cedo, logo no game de abertura. Elas salvaram dois break points vencendo dois deciding points, mas não resistiram no terceiro, outra vez no saque da brasileira, no oitavo game.

Desta vez, porém, elas reagiram. Com uma quebra no 11º game, Haddad Maia descolou um ótimo saque para empatar a decisão: 7/5, em 46 minutos.

No match tiebreak, Danilina/Haddad Maia abriram 9-2 rapidamente, com a cazaque brilhando na rede, mas suaram para fechar a partida. Heisen/Udvardy venceram seis pontos seguidos, salvando seis match points, com duas mini-quebras.

No sétimo, porém, Danilina mais uma vez conseguiu um belo ponto na rede para garantir o título.

Marcas

A campanha de Danilina/Haddad Maia teve vitórias contra grandes adversárias. Na estreia, contra a dupla cabeça de chave 3, Dabrowski/Olmos, e depois diante de Aoyama/Shibahara, cabeças de chave 2, nas semifinais.

Este foi o terceiro título de duplas para Bia Haddad, que encosta no top 150 da categoria, e o segundo da cazaque. 

VAVEL Logo